bad hair day, bad hair month, bad hair year


Estou num daqueles dias em que me apetece fazer qualquer coisa mesmo marada ao cabelo.

Acontece-me frequentemente naquela altura em que ele está mesmo a perder o corte e já tem as raízes à mostra. O meu cabelo às vezes é mesmo uma neura e eu sou daquelas pessoas que não tem paciência nem jeito para grandes malabarismos em casa. É lavar, secar e pronto. E depois é um cabelo muito liso mas "falso liso" que ganha jeitos dos lados e cresce que é uma loucura.

E, claro, é mais difícil trocar de cabeleireiro que trocar de homem. Eu até gosto muito da minha cabeleireira, é muito boa a cortar e então com as tintas nem se fala, tudo por um preço irrisório. Mas acho que ela está a entrar naquela fase em que já me corta o cabelo há tanto tempo, que acaba sempre a fazer o mesmo corte, mesmo quando eu lhe peço variações.

O problema é aventurar-me. Primeiro: escolher. E depois: se não fica bem com que cara é que eu volto à cabeleireira de sempre? Pois.

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...