aviso à navegação


Têm surgido por essas internetes fora rumores inquietantes que afectam os próprios fundamentos de toda a nossa civilização. Começaram de mansinho, a querer convencer-nos que Plutão não era um planeta. Mera preparação para a bomba que se seguiu: supostamente não existem 12 mas sim 13 signos do Zodíaco, e a recalendarização do mesmo deu origem a uma dança das cadeiras com muito boa gente a trocar de signo. Pérfidas conspirações, digo eu. Qual é o pretenso novo signo do Zodíaco? Ofíuco, a serpente, de onde nunca vem boa coisa excepto um par de sapatos Jimmy Choo. Qual é o novo número de signos? 13, o número do azar. Cruzes canhoto!

Ah pois. Então vêm para aí uns senhores armados em cientistas com computadores e telescópios e mais o quê, e acham que sabem mais que os astrólogos babilónios de há sete mil anos. Que não tinham computadores - logo, não estavam expostos a vírus informáticos -, e faziam as continhas todas à mão noves fora nada em tabuinhas de cera, em vez de enfiar meia dúzia de números num programa qualquer e passar o resto do dia a beber Starbucks e a jogar Halo 3.

Ó meus caros senhores cientistas da NASA, do MIT e do Instituto Astrofísico da Buraca. Bastaria conhecerem-me para perceberem como todo a vossa teoria cai por terra. Eu não sou nem nunca poderia ser Sagitário! Tenho lá pontaria para andar de arco e flecha?! Não, eu sou Capricórnio até ao tutano, meio cabra, meio peixe, e bicho estranho por completo. Se não gostam, azar. E já agora, não têm problemas mais importantes para tratar do que andar a fazer horóscopos?

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...