chanel haute couture primavera/verão 2011


Depois dos excessos, do brilho de muitas casas de Alta Costura - como o desfile da Dior de que ontem falei -, o desfile da Chanel foi tão sóbrio que alguns disseram parecer mais prét-a-porter que Alta Costura. E a verdade é que o próprio Karl Lagerfeld fez uma grande viragem criativa, depois de uma série de desfiles feéricos no Grand Palais a culminar no desfile Outono/Inverno 2010 com o gigantesco leão dourado na passerelle.

Pois eu achei genial. Les beaux arts continuam a inspirar os designers, embora no que toca à casa Chanel seja uma inspiração modernizada, desconstruída e verdadeiramente genial...


Retrato de Coco Chanel por Marie Laurencin, 1923


And so the story goes: em 1923 Coco Chanel conheceu a artista Marie Laurencin quando ambas trabalhavam em figurinos e cenários para dois ballets do empresário Sergei Diaghilev. Coco pediu a Marie que lhe pintasse o retrato, mas acabou por não ficar muito satisfeita com o resultado final... A moderna e prática Coco Chanel achou o retrato pintado por Marie muito doce e lânguido, coisas que ela não via em si própria nem pretendia ser!

Mas terá sido neste retrato que Karl Lagerfeld se inspirou para desenhar a presente colecção. As cores e linhas suaves são reimaginadas para o século XXI em peças impecavelmente executadas e totalmente vestíveis. Imaginem estes tailleurs e conjuntos separados, um casaco usado com jeans aqui, umas calças com uma t-shirt branca ali...






© NOWFASHION | © Chanel

1 comentário :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...