o vestido cor-de-rosinha

Ainda os vestidos usados nos Globos de Ouro não foram passados a ferro, embrulhados em papel de seda e devolvidos às casas de alta costura, e já toda a Hollywood pensa numa única coisa: what shall I wear to the Oscars?

Não há, pois, melhor altura para abordar um terrível flagelo que todos os anos aflige actrizes mais ou menos elegantes, mais ou menos talentosas. Falo, é claro, do vestido cor-de-rosinha.

Gwyneth Paltrow, Ralph Lauren, Oscars 1999 | Penelope Cruz, Versace, Oscars 2007
Cameron Diaz, Christian Dior, Oscars 2008 | Sarah Jessica Parker, Chanel, Emmys 2009

Na geração moderna, Gwyneth Paltrow é talvez a maior responsável pelo facto de o vestido cor-de-rosinha continuar a ser encarado com uma red carpet choice viável por pessoas que, de outro modo, julgaríamos estarem em plena posse das suas faculdades mentais. Gwyneth foi para a cerimónia dos Óscares de 1999 armada em Grace Kelly de bairro, com um vestido cor-de-rosinha Ralph Lauren que até lhe assentava muito mal no peito. Mas o pior ainda estava para vir. Gwyneth ganhou o Óscar de Melhor Actriz por A Paixão de Shakespeare, e como nesses tempos idos a América desconhecia ainda o conceito de "recount", lá deram o boneco à rapariga que fez uma tristíssima figura em palco que só dava vontade de lhe dar dois estalos para ver se parava de chorar.

E assim se lançaram sobre os inocentes tapetes vermelhos deste mundo mil e um vestidos cor-de-rosinha. Mulheres adultas e até com bom gosto começaram a aparecer vestidas em público como princesas da Disney. E bem podiam chamar-lhes couture ou vintage ou o raio que o parta, que todos sempre me lembraram uma única coisa:


Ainda no passado Domingo a pobre Lea Michele de Glee quase ia sendo engolida por uma montanha de tafetá Oscar de la Renta, qual flor carnívora devorando uma inocente abelhinha.

Lea Michele, Oscar de La Renta, Globes 2011 | Jennifer Lopez, Armani Privé, Oscars 2010
Emily Blunt, Dolce & Gabbana, Globes 2010 | Rachel Weisz, Vera Wang, MET Gala 2009

Seriously, people. Também não estou a dizer que vão aos Óscares com um cisne ao pescoço, ou com quase tudo à mostra, ou com garfos cosidos ao vestido - a menos que sejam garfos Prada, claro. Mas haverá algo mais entediante, mais valor seguro, que um vestido cor-de-rosinha? E pior, quase ninguém toma atenção ao facto de o rosa nude não ficar bem em todas as peles, o que tem originado algumas homenagens inconscientes ao filme A Noiva Cadáver de Tim Burton (mas nunca tão elegantes ou bem conseguidas como a Noiva Cadáver elle même).

Querem um vestido cor-de- rosinha? Depois disto tudo ainda querem um vestido cor-de-rosinha? Então pronto, façam lá o favor de pôr os olhos na Katy Perry - reparem bem que eu nem sequer gosto da Katy Perry - e vejam how it's done:

Katy Perry | Basil Soda | Emmys 2009

Sem duzentos quilos de tule em cima, um vestido cor-de-rosinha até é outra coisa, não é?

É por isto que vos digo que nunca me verão num tapete vermelho com um vestido cor-de-rosinha.

OK, é bastante óbvio que nunca me verão num tapete vermelho, ponto final. Mas se vissem, não era com um vestido cor-de-rosinha.


As fontes:
© Celebrity Paradise | © Celebutopia | © Getty Images | © Just Jared | © Wikifashion | © Wire Image | © Zimbio

6 comentários :

  1. Se nem Emily Blunt ou Rachel Weisz estão imunes, tal significa que isto é mesmo um caso sério! Alguma vez a Tilda Swinton seria apanhada envergando um tal merengue? Não? Então, isso deveria significar alguma coisa...

    Estas senhoras deviam pensar que quem vê o desfile da passadeira vermelha se prepara, normalmente, para engolir umas boas 3 horas de tédio, intervaladas por publicidade a cada 5 minutos. O mínimo que lhes é pedido é que criem algum entusiasmo...

    Por isso digo: Long live Van Noten!

    ResponderEliminar
  2. ahah adoro a maneira como escreveste o post! concordo completamente contigo, apesar do cor-de-rosa ser uma das cores que mais gosto ou se sabe usá-lo e tirar partido dele ou mais vale não sair de casa. e quanto ao vestido da Katy: ♥♥♥

    ResponderEliminar
  3. O que me admira é que no meio de tanta arquitectura que fazem nestes vestidos, ninguém se lembra de fazer um screen test para as meninas terem uma ideia de quão deslavadas ficam...

    ResponderEliminar
  4. Que post delirante! A sério aha

    O vestido Armani Privé da Jennifer Lopez mais parece aqueles plásticos de bolinhas que tanto eu gosto de rebentar! oh god!

    Se forem de "cor-de-rosinha" que pelo menos façam com Katy Perry, pois bem ;)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. adorei o sentido de humor. o cor-de-rosinha n me diz msm nada...mas o vestido da K.Perry está aprovadíssimo! bem-haja!

    ResponderEliminar
  6. OMG plástico de bolinhas! Do que te foste lembrar, eu sou viciada nisso!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...