Tom Ford Violet Blonde


Se as notas de abertura de Violet Blonde durassem mais que alguns minutos, eu seria talvez a mulher mais feliz do mundo. Mas provavelmente passaria os dias feita pateta alegre a cheirar o meu próprio pulso, por isso se calhar é melhor não. Fazendo jus ao nome, Violet Blonde acabado de vaporizar quase nos faz ver as violetas, e como às vezes acontece com os bons perfumes, as violetas idealizadas de Tom Ford são quase melhores que as reais, temperadas por um sensual acorde de pó de arroz.

Passados alguns minutos, Violet Blonde torna-se inesperadamente um perfume bastante mais discreto, que se mantém junto à pele com alguma tenacidade (vaporizei à hora do almoço, lavei as mãos, e passadas três horas ainda cheiro o perfume). As violetas que lhe dão o nome dão lugar a um floral mais profundo e suave onde imperam o jasmim e as madeiras, com um toque muito aconchegado e chic. Posso dizer que isto é uma surpresa para mim, pois não gostei nem de Black Orchid nem de White Patchouli e até agora o meu perfume preferido de Tom Ford era Grey Vetiver, que apesar de ser supostamente masculino é um perfume muito agradável e perfeito para manhãs límpidas de Inverno. Moral da história: estou a tentar conter-me. Talvez isto vá parar à minha wishlist do Natal.

1 comentário :

  1. comprei-o em Londres recentemente e estou totalmente in love. acho que vai ser o Meu perfume por muito tempo.

    Também adorei o aroma do Neroli Portofino, mas o preço é simplesmente proibitivo.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...