Open Up Your Closet!

Depois do sucesso da primeira edição, o Open Up Your Closet regressa nos próximos Sábados 3 e 10 de Março com muitas novidades!

Eu vou estar lá já no próximo Sábado, dia 3. Apareçam!

to die for


















© Dominic Jones Jewellery


Se algo vos parece familiar nesta pálida donzela de cabelos negros, a vossa imaginação não vos está a pregar uma partida. Trata-se de Jessica Brown Findlay, a jovem actriz que interpreta Lady Sybil, a mais jovem das irmãs Crawley, na série Downton Abbey. Jessica junta-se à modelo Mary Charteris numa campanha publicitária para o jovem joalheiro inglês Dominic Jones, fotografada por Alex Sainsbury.

O imaginário romântico victoriano, povoado de jovens de tez alva, espectros, aparições e um estranho fascínio pela morte, é o pano de fundo escolhido para as criações de Dominic Jones, simultâneamente delicadas e poderosas. É um tema que facilmente pode deslizar para o pastiche, e no entanto adoro cada detalhe desta produção, a maquilhagem, a luz e sombras, e a forma como o dourado das jóias se destaca contra as figuras quase desprovidas de cor.

os "good hair days" da Elvive L'Oréal Paris

UPDATE! Já temos vencedora!


A vencedora do passatempo é a Rita Areias! Parabéns!

Acabei de te enviar uma mensagem para combinarmos tudo para amanhã :-D

Muito obrigada a quem participou e não percam o próximo episódio porque nós também não!



Estava eu por aqui com os meus botões quando fui surpreendida por um convite maravilhoso da L'Oréal Paris que se estende a uma leitora do blog! E de um momento para o outro, aqui estou eu a fazer o meu primeiro passatempo!

The story goes like this: a L'Oréal Paris está prestes a lançar uma nova gama do champô Elvive destinada especificamente a cabelos finos, frágeis e/ou enfraquecidos. Esta nova gama é baseada num aminoácido chamado arginina que, segundo a L'Oréal Paris, é crucial para a força do cabelo e a sua reparação, mas cuja presença pode variar significativamente, dependendo do individuo, da dieta ou mesmo da hora do dia...

A L'Oréal Paris convidou-me para experimentar em ante-estreia exclusiva e com uma equipa de cabeleireiros esta nova gama da Elvive. E o convite estende-se a uma leitora do blog, por isso está aberto o passatempo:

O passatempo decorre até amanhã, dia 29 de Fevereiro às 15:00, após o que será sorteada uma entrada através do gerador random.org e eu contactarei imediatamente a vencedora para combinar tudo.

PARA PARTICIPAR:

1) Ter cabelo fino, frágil, enfraquecido ou a precisar de tender loving care;

2) Gostar da página patuxxa no Facebook;

3) Gostar da página L'Oréal Paris Portugal no Facebook;

4) Estar na zona de Lisboa na quinta-feira dia 1 de Março, de manhã.

5) Preencher o formulário:

[passatempo encerrado]

#$%%&!



Lembram-se da blusa BRANCA do lookbook Zara? Aquela com as tachas na gola? Apesar de ainda não estar disponível na loja online, já está nas lojas. As tachas são igualmente bonitas ao vivo e a blusa cai muito bem. Mas não há-de vir morar cá para casa. Porque sendo uma blusa BRANCA traz na sua etiqueta o fatídico símbolo da cruz por cima do tanque de lavar a roupa, com as palavras DO NOT WASH. E eu até percebo perfeitamente que deve ser para não estragar as tachas, mas sendo uma blusa que, por acaso, até é BRANCA precisaria de ser lavada, numa estimativa conservadora, a cada três utilizações, e já que não pode nem sequer ser lavada à mão e eu ainda não sou dona da 5 à Sec... pronto, são € 59,90 que poupei.

the oscars 2012: miss piggy [last but not least]




E para fechar com chave de ouro não podia deixar de destacar o casal da noite... Miss Piggy com um vestido Zac Posen, ma-ra-vi-lho-sa acompanhada do sempre elegante Sapo Cocas com um smoking Brooks Brothers!

the oscars 2012: gwyneth paltrow [you've come a long way, baby]








E agora, vou pedir áqueles que já me conhecem bem, para pousar os recipientes com líquidos, não vão entorná-los por cima do teclado quando lerem o que se segue.

O meu vestido favorito dos Óscares é o Tom Ford da Gwyneth Paltrow. Sim, eu, que considero aquela abominação Ralph Lauren de cetim cor-de-rosa que ela usou em 1999 quando ganhou o Óscar de Melhor Actriz um dos piores vestidos da história, fiquei de queixo caído perante as linhas minimalistas e absolutamente perfeitas deste vestido branco. E ainda por cima é da colecção Outono/Inverno 2012, que é mais secreta que códigos de lançamento de mísseis nucleares! Haverá quem ame e quem odeie e até já li umas críticas interessantes ao mesmo - que a miúda parece um extra do Star Trek, e tal - mas quero lá saber, adoro o vestido com a capa, adoro o vestido sem a capa, adoro o cabelo, adoro a pulseira, adoro tudo. E é a minha última palavra.

© TheFashionSpot | Just Jared

the oscars 2012: rooney mara [silent star]






Confesso que de certos ângulos, este vestido Givenchy (Primavera/Verão 2009) da Rooney Mara parece não assentar bem. No entanto, a actriz usa-o com tal pose que imediatamente nos esquecemos disso. Não é um vestido fácil ou bonitinho, é ousado e apesar de tudo o risco valeu a pena. É admirável como em certos momentos Rooney parece uma jovem ingénua e meio perdida, e no momento seguinte há qualquer coisa de muito profundo no seu olhar. Eu diria mesmo que faz lembrar as divas dos anos 20, Louise Brooks ou Clara Bow. A franja severa, o baton vermelho, a ausência de acessórios criam um perfil absolutamente escultural.

© TheFashionSpot | Just Jared

the oscars 2012: michelle williams [finally so lovely!]




Gosto muito da Michelle Williams mas ultimamente não me atrevia a publicar fotos dela aqui no estaminé! Ela esteve a atravessar uma fase em que usava vestidos algo severos que, conjugados com o corte de cabelo, a faziam parecer estranhamente mais velha. Pior, parecia que estava a reencarnar a Mia Farrow fase Rosemary's Baby o que era, claramente, assustador. Imaginem o meu suspiro de alívio esta manhã, quando a vi neste adorável vestido laranja Louis Vuitton! Fiquei completamente apaixonada pela cor e e contente por ver que finalmente Michelle recuperou o seu estilo jovial e gamine. Bem-vinda de volta, miúda!

© TheFashionSpot | Just Jared

the oscars 2012: jessica chastain [fire and gold]






Palavras para quê? É custom Alexander McQueen e um dos vestidos mais maravilhosos da noite, complementado na perfeição por um sorriso igualmente maravilhoso.

© TheFashionSpot | Just Jared

the oscars 2012: natalie portman [polka dot dior]




Bom! Apesar disto ser Christian Dior vintage Primavera/Verão de 1954, não me causa tanta inveja como deveria... O vestido é lindo e assenta muito bem à Natalie, mas tem um quê de prom dress não ajudado pelo facto da actriz manter o seu ar jovial quase de menina de liceu! E depois quanto mais olho para o cabelo dela, mais o acho demasiado flat! A Natalie é linda e claramente o seu estilo é algo bem-comportado, estou sempre a repetir-me mas acho que às vezes ela podia arriscar um bocadinho mais.

© TheFashionSpot | Just Jared

the oscars 2012: emma stone [the woman in red]




Tal como nos Globos de Ouro, adorei o vestido da Emma Stone. Estes tons carmins ficam uma maravilha com a pele dela! O vestido é Giambattista Valli e prima pelo corte e pelo cair do drapeado absolutamente impecável.

© TheFashionSpot | Just Jared

the most beautiful makeup

viva Las Vegas

Ó senhores da Chanel, estamos a brincar. Estamos a brincar, não estamos? Ainda uma pessoa não se refez de ver o blush Horizon ao vivo, e arranjam-me outra maravilha que ainda por cima é uma daquelas edições super exclusivas que nunca hão-de aparecer neste jardim à beira-mar plantado.


Isto, leitores e leitoras, é o compacto iluminador Lucky Stripes, parte de uma mini colecção criada para a inauguração da boutique Chanel em Las Vegas. Agora com licença que vou ali para o canto maldizer a minha sorte. Eu, que nem no Euromilhões acerto.

slave to love (na na na na)













@ Fashion Gone Rogue


Está visto que apenas Sofia Coppola me conseguiria pôr a trautear Roxy Music a esta altura do campeonato. O lookbook Marni + H&M pode estar fenomenal, mas a campanha dirigida pela realizadora e protagonizada por Liu Wen e Imogen Poots está extraordinária. A maneira como ela filma a luz dos terraços de Marraqueche faz pensar em fins de tarde de Verão e brisas quentes do deserto. Suspiro.

mirror, mirror

Thássia | Hedvig @ Stockholm Street Style


Achei imensa graça ao facto de hoje me terem aparecido no feed com poucos minutos de diferença, estes dois looks construídos à volta do amarelo, do preto e do maravilhoso azulão desta carteira Celine. E curiosamente estas meninas foram as duas à London Fashion Week e quiça, por pouco não se cruzavam... No entanto apesar dos elementos em comum, os resultados finais são completamente diferentes e individualizados.

Não há como um toque de cor para alegrar os dias frios, e realmente o contraste do amarelo com azul atrai o olhar e refresca o espírito. E adorei o pormenor do autocarro como pano de fundo da foto da Thássia, que assim consegue reunir as três cores básicas!

Graças ao Stockholm Street Style e depois de uma breve busca, descobri que a Hedvig tem um blog chamado The Northern Light que vou passar a seguir! Pode ser que ainda descubra a origem daquela saia...

Update: a saia era Proenza Schouler. Está tudo dito.

o carteiro toca sempre duas vezes


A pedido de muitas famílias... bom, creio que todas nós já nos perguntámos algum dia, e se eu der uma brutalidade de dinheiro por uma carteira, um par de anos depois ela não acabará meio desfeita como outra qualquer? Bom, isso depende. No caso da Mulberry, por exemplo, é altamente provável que a carteira consiga sobreviver a um holocausto nuclear. Escrevo com conhecimento de causa, porque esta que aqui vêem foi comprada em Dezembro de 2006 (tem cinco anos e não seis, como erroneamente escrevi ali em baixo) e está aí para as curvas.


Comprei-a em saldo na Luisaviaroma.com. Estava com 50% de desconto e creio que foi para saldo porque era uma cor que deixou de se fazer (um laranja profundo chamado Ginger).


A Bayswater é inspirada nas malas de carteiro antigas. Não tem forro, mas tem uma construção super resistente. Conseguem ver a etiqueta Made in England? Outras carteiras da Mulberry já são forradas, como por exemplo a Alexa, que na minha opinião sempre foi uma Bayswater com uns acrescentos nada práticos e um preço inflacionado...


A carteira é ajustável por dentro com umas fivelas que abrem ou fecham o "fole" dos lados. Eu tenho-as sempre apertadas no máximo para não me sentir tentada a enfiar mais coisas lá dentro e ficar a meio caminho de uma escoliose...


O giro desta carteira é que o cabedal de início era mais rígido, e foi amaciando e ganhando uma espécie de patine com o tempo. A Mulberry chama a este cabedal Darwin e frisa que o mesmo não é impermeável, recomendando tratar regularmente com o spray impermeabilizante Collonil Water Stop. Eu até uso isto em todas as minhas carteiras e alguns sapatos (a marca vende-se nas sapatarias Foreva) e o resultado tem sido positivo. Houve um dia ou dois que apanhei umas pingas de chuva e realmente notou-se que a carteira manchou, mas depois desaparece com o tempo. Importa é aplicar de vez em quando o tal spray e até ocasionalmente um daqueles cremes para o cabedal. Eu faço isto com todas as carteiras e a longo prazo os resultados notam-se. As cores não desbotam, os brancos resistem mais, etc.

Carteira Bayswater, € 870 @ Net-a-Porter


Como se pode ver pela imagem acima, o modelo da Bayswater continua igual ao que eu comprei. O preço é que subiu um bocadito! Como se pode ver por uma simples visita à loja online da Mulberry, a Bayswater foi sendo editada em em diversas texturas e cores, algumas mais felizes do que outras (candy pink quilted dyed denim?! bleargh!) mas apesar de contar para aí umas vinte variações actualmente disponíveis, as mais simples continuam a ser a melhor aposta.


Sim, a fotografia saiu com uns pontos de luz esquisitos (não é efeito!) mas ficou a notar-se mesmo bem a textura do cabedal...


Isto é o momento em que eu revelo estar a meio caminho entre geek e hoarder. Sim, eu guardo os cartõezinhos todos que vêm com as carteiras, e se for uma compra acima de determinado valor guardo o talão. Imagine-se que um dia preciso de reclamar ou solicitar assistência técnica?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...