Oh no! I overslept! I'm late! For my nap.

 

A gerência informa que o estabelecimento se encontra encerrado para descanso do pessoal, regressando em Setembro à estimada presença dos leitores.

Alguns pincéis MAC!

 

Como estive a fotografar os meus pincéis Real Techniques, aproveitei a oportunidade para fotografar também o meu “velhinho” jogo de pincéis da MAC… Trata-se de um conjunto de pincéis que foi lançado com a colecção Novel Twist do Verão de 2007. Conforme já aqui referi há uns tempos, corre a "sabedoria popular" que os pincéis destes conjuntos não são tão bons como os da gama contínua, e que são feitos na China ao contrário dos outros que são feitos no Japão. Ora, de todos os meus pincéis estes são os que eu mais uso e lavo, alguns deles praticamente todos os dias, e tenho a dizer que se mantêm em perfeito estado! Mas também é verdade que recentemente passei pela MAC e não fiquei nada impressionada com a qualidade actual dos novos conjuntos de minis! 

Vou começar por dizer que os cabos mais curtos destes pincéis são definitivamente um selling point para mim, tenho mãos pequenas e adaptam-se muito melhor à minha mão. Tal como todos os conjuntos de minis da MAC, vinham numa bolsinha que tenho guardada algures... De cima para baixo, cá estão eles:

Pincel 187: o famoso skunk brush (literalmente, doninha) devido à conjugação de fibras que lhe dão o característico visual bicolor. É óptimo para aplicar pós muito pigmentados de forma suave. Utilizo-o com alguns blush mais pigmentados que tenho, como o Nars Orgasm, e mais frequentemente para aplicar o meu bronzer Terracotta Orient Sun da Guerlain. 

Pincel 168 (ao alto): um pincel biselado para aplicação de blush. Adoro-o, tem o tamanho perfeito para as minhas maçãs do rosto e uso-o praticamente todos os dias. 

Pincel 275: outro pincel biselado, este para sombra de olhos. Gosto muito deste formato de pincel, acho que facilita imenso modelar a aplicação dos produtos de uma forma muito versátil. Este é o pincel de sombra que eu mais uso e serve para tudo, desde aplicação localizada até espalhar sombra por toda a pálpebra, bastando alterar a forma como se segura no pincel. Vou dizer mais: se tivesse de escolher apenas um pincel de maquilhagem para levar para uma ilha deserta, escolhia o 275! Tudo o resto se consegue aplicar com as mãos em caso de necessidade, mas um bom pincel de sombra é imbatível. 

Como devem ter reparado, tenho dois 275, o que se deve a um feliz acaso; comprei uma bolsa da última colecção de Natal da MAC porque queria uma sombra de edição limitada… ora a bolsa trazia a tal sombra, uma máscara de pestanas, e um pincel 275! Foi melhor que sair o brinde no bolo-rei! Dá para ver que o 275 mais antigo tem as cerdas um pouquinho mais em leque, provavelmente do uso, enquanto o mais recente tem as cerdas mais concentradas. É praticamente a única diferença.

Pincel 219: perfeito para aplicação muito concentrada e localizada de sombra, imprescindível para fazer um smoky eye

Pincel 212: é um pincel de eyeliner mas acho que se contam pelos dedos das mãos as vezes que o usei. Sou muito esquisita com pincéis de eyeliner, e a disposição das cerdas deste pincel não me dá jeito nenhum!

Em cinco pincéis, uso quatro com regularidade, por isso foi realmente uma compra vencedora. Mas não sei se os minis da MAC têm actualmente a mesma qualidade destes...

Real Techniques: Stippling Brush + Setting Brush

Tinha eu esta entrada toda escrita e preparada e hoje o Blogger resolver dar-lhe um fanico e pôs as minhas imagens todas deitadas! Nunca tal me aconteceu! Se eu nunca rodei as fotos quando as editei para publicar, como é que me aparecem deitadas? Andei eu às voltas para conseguir pôr isto direito...

Há uns tempos que andava de olho nos pincéis Real Techniques, e acabei por aproveitar uma promoção nos portes da Cocktail Cosmetics para encomendar dois pincéis. Ora cá estão eles: o Setting Brush (em cima) e o Stippling Brush (em baixo).


O Stippling Brush é um pincel muito versátil que pode ser utilizado para aplicar diversos produtos, desde base líquida, compacta ou em pó até blush em creme. Foi esta versatilidade que me levou a comprá-lo. Por enquanto utilizei-o apenas para aplicar um blush em creme da GOSH e o resultado foi fantástico. Um dos problemas do blush em creme é que ao tentar aplicá-lo, muitas vezes acabamos por remover parcialmente os produtos que aplicámos por baixo! Com este pincel isso não acontece e o resultado é extraordinariamente natural. Devo dizer que também fiquei muito agradada com este blush da GOSH, o 005 Lusty Pink. A cor parece muito viva, mas aplicado com o Stippling Brush fica mesmo com um ar de bochecha de bebé! E dura o dia todo, mesmo com calor. 


Coisas que aprendei ao preparar esta entrada: fazer swatches de blush é a coisa mais difícil do mundo! Andei eu a maquilhar-me e a tirar montes de fotos mas não se via bem e acabei por fazer este no braço. Agora percebo porque é que a Temptalia carrega tanto no blush, caso contrário não se via nada! Anyway, aqui têm um vídeo da Samantha Chapman a demonstrar a utilização do Stippling Brush:


Já o Setting Brush é um pincel para aplicação de iluminador, é relativamente pequeno para pincel de rosto e permite uma aplicação muito localizada. Para mim é óptimo, pois como tenho feições pequenas os pincéis grandes não me são nada convenientes. Já utilizei este pincel com dois ou três iluminadores e permite resultados muito suaves. Podem ver aqui a Samantha Chapman a demonstrar mais uma vez a utilização do Setting Brush. Um truque interessante para aplicar iluminador é o V horizontal: com os dedos médio e indicador façam um V em que o dedo médio toca mesmo acima da maçã do rosto, e o dedo indicador toca no centro e abaixo da sobrancelha. Depois de visualizar, apliquem o iluminador ao longo dessas linhas.

LOVE magazine | downton gothic

Depois de alguma reflexão, cedi à tentação de comprar o mais recente número da revista LOVE... está bem que custa € 9,99 mas a revista é um autêntico tijolo e o conteúdo está absolutamente brilhante! É editorial atrás de editorial brilhante, provocador, etéreo. O problema foi escolher qual das três irmãs Crawley levar para casa...





... mas acabei por não resistir à capa com a Lady Sybil, Jessica Brown Findlay. Tem qualquer coisita em comum com as fotos da actriz para a campanha do joalheiro inglês Dominic Jones, mas a miúda tem um quê de donzela victoriana que fica irresistível nestas produções. Se alguém estiver a pensar fazer um remake do Drácula, por favor contratem a Jessica para fazer de noiva do príncipe da Transilvânia...

beauty is in the details #2

@ Mulberry

A nova cor da clássica Bayswater para a próxima estação é o Flame, um vermelho outonal. Por outras palavras: a Mulberry dá cabo de mim...

three crushes

O Sol demora-se no céu mas as lojas, revistas e blogs anunciam já a chegada do Outono... por cá e enquanto não chega a avalanche dos September issues, procura-se inspiração na elegância intemporal mas nunca aborrecida das minhas blogger crushes.

© Blair Eadie @ Atlantic-Pacific

Disse e volto a dizer que roubaria o guarda-roupa inteiro da Blair. E os acessórios. E provavelmente a maquilhagem. Se alguém me falasse em riscas + turquesa + leopardo + baton fuchsia eu gritaria overkill! mas com a Blair o resultado é de uma elegância infalível!

© Kelly Framel @ The Glamourai

O The Glamourai foi um dos primeiros blogs que segui, no tempo em que ainda estava no Blogspot! Acho que já vi a Kelly com dez cortes de cabelo... e tive a sorte de ainda conseguir comprar-lhe um colar lindo na fase em que ela vendia acessórios. O blog esteve paradito durante uns meses e receei que ela tivesse abandonado o projecto, mas recentemente voltou em força e com fotos de fazer inveja a qualquer revista de moda.

© Kimberly Pesch @ eat.sleep.wear

Comecei a seguir o blog da Kimberly muito recentemente, depois de ter lido uma referência ao blog no Independent Fashion Bloggers. Gosto muito da forma como ela conjuga peças e cores, quase minimalista mas definitivamente nunca aborrecido. E as fotografias sempre dão para matar saudades da minha adorada NY...

Oh MIU!

E estava esta menina a passear alegremente pela Avenida quando deu de caras com uma fachada recém-erigida sob as frondosas árvores...


O alegre estampado que adornava o tapume fazia antecipar coisas interessantes... E aquele M era estranhamente familiar... Será que?... Seria possível?...


Sim! Adivinharam! A Miu Miu vai abrir uma loja em Lisboa! Será que ainda abre a tempo do Fashion's Night Out? MA-RA-VI-LHA.

Belstaff



Eu até podia explicar que a Belstaff é uma marca de outerwear que acompanha praticantes de motociclismo e outras actividades ao ar livre desde 1924. Que Che Guevara cruzou a América do Sul vestindo o icónico casaco Trialmaster da marca. E que Ewan McGregor cai que nem ginjas no relançamento da Belstaff porque é motard até ao tutano e já deu a volta ao mundo e mais qualquer coisinha em cima de uma motorizada, ao lado do amigo Charley Boorman. Mas francamente, varreu-se-me tudo da cabeça.

Choupette Lagerfeld

@ i-D Online

E sim, já se nota que estamos em pleno na silly season. A estrela de hoje? Porque também para ser gato é preciso ter sorte. Esta adorável bola de pêlo é a mais recente fashion star internacional: Choupette, o siamês branco de Karl Lagerfeld, até já tem direito a um perfil na revista i-D.

Update: e agora Choupette protagoniza uma produção de moda na revista V de Setembro, ao lado de Laetitia Casta. O gato do Whiskas deve estar morto de inveja a destruir sofás por aí.

FLORMAR Pretty Cream & Glaze Lipstick P324


Já tinha lido umas coisinhas sobre a Flormar... a Mimi do Pó de Diamante publicou uma entrada fantástica sobre os batons da marca há uns tempos, mas eles só têm loja no Porto e no resto do país a marca está presente nas perfumarias Douglas, que eu raramente frequento. Entretanto há uns dias a Lovely Girlie Bits também publicou uma foto de um batom Flormar que tinha um ar tão cremoso e apetitoso que eu resolvi aproveitar a próxima visita ao centro comercial para espreitar a Douglas. Trouxe uma sombra e este batom da linha Pretty Cream & Glaze (embalagem rosa fuchsia).

A parte engraçada é que eu queria trazer o P323, um coral lindo, mas já só tinham um tubo que tinha sido aberto e estava todo "melado". Ora eu estava numa daquelas moods "vim aqui de propósito e agora não saio sem um batom!" e acabei por trazer este. Resultado: encontrei por mero acaso o batom laranja da minha vida. Os dois ou três que tenho desta cor acabaram sempre esquecidos na gaveta porque eu cismava que me ficavam esquisitos e que me faziam os dentes parecer amarelados - paranóia de quem usa aparelho e tem mais produtos para limpar, escovar, lavar e desinfectar os dentes, que os blocos operatórios de muitos dentistas. Esta cor no tubo parece quase vermelho, mas não é. Nos lábios fica um laranja super forte maravilhoso, quase género Heat Wave da Nars (embora o Heat Wave seja, creio, mais a atirar para o vermelho mesmo). E a textura do batom é óptima, muito suave, ligeiramente acetinado, e com uma duração muito boa. Vai deixando uma stain e pode reaplicar-se à vontade sem criar aqueles resíduos de acumulação que alguns batons originam quando se reaplicam várias vezes. Não seca os lábios e é muito confortável.

E o melhor de tudo? Custou € 5. CINCO EUROS por um batom que ombreia em qualidade com marcas que custam quatro ou cinco vezes mais. Estou fã!

Strike a pose!

© Condé Nast Publications | @ Fashionista.com

Tenho a dizer que acho esta uma das melhores capas da Vogue americana dos últimos anos! Sim, é a Lady Gaga mas é muito mais uma fashion cover que uma celebrity cover! Esta vem para a minha colecção de certeza absoluta. Lady Gaga veste Marc Jacobs e foi fotografada pelo duo Mert Alas e Marcus Piggot. Adoro o pormenor da faixa vermelha entrelaçada nas letras, conjuga-se perfeitamente com o maravilhoso vestido fuchsia. Para mim vermelho e fuchsia recordam-me sempre Yves Saint Laurent, era uma das combinações preferidas do criador. Não sei se a "homenagem" é intencional ou não, mas de qualquer maneira well done, Vogue!

PopyBox: o que virá por aí?


E a notícia que estourou como uma bomba na canícula de Agosto, foi o lançamento de um serviço de "assinatura de amostras" nacional: a PopyBox. Neste momento em fase de pré-lançamento e já com website e Facebook, a PopyBox promete "em cada caixa, uma selecção diferente de 5 miniaturas das melhores marcas de cosmética, escolhidas especialmente para si". Não se conhecem para já os preços da assinatura, ou a selecção de marcas com as quais a PopyBox vai trabalhar. De momento é possível fazer uma pré-inscrição no website, que inclui o envio de um convite e o acesso a um pequeno questionário sobre o nosso tipo de pele e cabelo, hábitos de cosmética e maquilhagem, e estilo pessoal. A mim deu-me que sou uma Popy Star, nome que me cheira a programa de talentos da SIC. Digamos que a escolha da Amy Winehouse para ilustrar este "tipo" também não me entusiasma muito porque adoro a voz da rapariga mas nunca fui à bola com o estilo pessoal dela. Mas, enfim, nunca digas desta água não beberei...

Os subscription sample services são comuns no EUA e têm sido lançados um pouco por todo o mundo. Basicamente, paga-se uma mensalidade tipo assinatura de revista, e recebemos mensalmente uma encomenda com amostras e tamanhos mais ou menos mini de produtos de cosmética, maquilhagem e perfumaria. Existem diversas marcas como a BirchBox, a GlossyBox, a Sample Society, etc. Um dos meus blogs de maquilhagem favoritos, a Pink Sith (Star Wars e maquilhagem? Long long twins!) tem publicado reviews regulares e detalhadas de vários destes serviços, que são um bom começo para ver o que podemos esperar.

Nos recentes anos e com a "chegada ao poder" de uma geração francamente interessada e entusiasmada por maquilhagem, o mercado nacional da cosmética e perfumaria despertou de um certo marasmo a que estava votado. Se me dissessem há cinco anos que haveria saldos de maquilhagem e cosmética, e marcas como Urban Decay ou SkinCeuticals à venda em Portugal, eu mais facilmente acreditaria na aterragem de um vaivém espacial no planeta Marte! Ainda assim, será que um serviço de assinatura como a PopyBox tem potencial para fazer sucesso por cá? Alguns factores serão absolutamente fundamentais no make or break deste projecto:

Preço: porque não, ainda não ganhei o Euromilhões, e pelos vistos a crise também está para ficar, importa saber quanto é que isto vai custar por mês. Haverá uma assinatura única ou várias opções de subscrição?

Gama: o busílis da questão. Com que marcas irá a PopyBox trabalhar? Que variedade de produtos irá oferecer? Porque se é para mandarem amostras de hidratante e gel de banho, no way! Queremos amostras de cosmética e maquilhagem a sério, de marcas de qualidade!

Tamanho: o terceiro e talvez o mais importante destes temas, porque directamente relacionado com o preço. O que é que são "miniaturas"? Para mim qualquer coisa de tamanho inferior a 5ml não vale a pena! Queremos "travel sizes" de tamanho decente que nos permitam formar uma opinião avisada sobre os produtos - o que significa o suficiente para um mínimo de uma semana de utilização.

Personalização: o questionário que preenchi na pré-inscrição leva-me a crer que haverá variedades diferentes de PopyBox. Por outro lado, respondi a questões sobre o meu tipo de pele e cabelo, portanto se escrevi que tenho pele mista e sensível espero não receber produtos para pele seca, e se escrevi que gosto de perfumes orientais espero não levar com amostras de aromas frutados.

Entregas: o envio das caixas, o seu acondicionamento, a regularidade com que as recebemos, tudo isto conta para a satisfação do cliente. Não queremos andar a telefonar para o serviço de clientes nem perseguir o carteiro à espera da nossa encomenda. Sei que este ponto às vezes é difícil porque, enfim, os serviços postais no nosso país nem sempre são grande coisa; espero que assegurem as entregas com uma transportadora de confiança.

E é isto, mais coisa menos coisa. Creio que em Setembro teremos novidades...

Anna Piaggi

Anna Piaggi, fotografada por David Bailey

O mundo da moda perdeu hoje mais um dos seus ícones: a inconfundível Anna Piaggi, jornalista da Vogue Italia e presença assídua das Fashion Weeks por todo o mundo, desde muito antes de qualquer um de nós saber sequer o que era a Moda com M maiúsculo. As front rows não serão as mesmas sem a visão de Anna com o seu cabelo azul a espreitar por baixo dos chapelinhos Stephen Jones. Addio...

high summer


Agosto em Lisboa: a maravilha de fazer a Avenida da República às oito e meia da manhã sem trânsito e com os semáforos todos no verde. E é basicamente isto.

No Sábado passei pelo El Corte Inglès para ver o que havia de novo na MAC e na Bobbi Brown. A MAC já tem a Illustrated Collection, composta por bolsinhas ilustradas pela artista Julie Verhoeven que trazem conjuntos de sombras, batons/gloss ou pincéis. Estava interessada numa bolsinha que traz  um conjunto de pincéis todos em duofibre. Pois, foi uma desilusão. Não sei explicar, mas os pincéis pareciam mal feitos, o pêlo não estava alinhado, enfim, não pareciam pincéis MAC! Talvez fosse problema dos testers, não quis arriscar.

A verdade é que há anos que corre a "sabedoria popular" que os pincéis destes conjuntos não são tão bons como os da gama contínua, e que são feitos na China ao contrário dos outros que são feitos no Japão. Ora eu tenho um conjunto de pincéis destes que datam da colecção Novel Twist do Verão de 2007, são os pincéis que eu mais uso e lavo e estão em perfeito estado! Talvez tenha sido depois disso que mudaram de fabricante, enfim...

Já na Bobbi Brown também chegou a colecção Desert Twilight e francamente a paleta de sombras também me desiludiu um bocadinho. Nas imagens promocionais as sombras parecem um bocadinho mais rosadas; ao vivo são mais nude. Não deixa de ser uma boa paleta de nudes, mas eu não daria € 60 por ela, especialmente quando a Urban Decay tem as duas Naked Palette que ficam a metade do preço se apanharem a Sephora em dias de 20%! Pelo contrário, o duo blush/bronzer é uma absoluta maravilha e não lhe resisti, as cores são perfeitas para o Verão e por € 33 estamos na verdade a comprar dois produtos... a embalagem tem um tamanho generoso e um espelho enorme, perfeito para viagem.

Ontem a Marionnaud entrou em saldos e à hora de almoço fui espreitar a perfumaria perto do meu local de trabalho. Apanhei dois solares da Shiseido com 40% de desconto! Depois ao fim do dia passei pela perfumaria do Saldanha Residence para ver se tinham coisas diferentes em saldo e aconteceu uma coisa estranhíssima: os mesmos produtos que eu tinha comprado estavam marcados apenas a 10%, e as meninas estavam a remarcar os produtos de maquilhagem todos dos saldos devido a um "erro no sistema". Será que tive um golpe de sorte? Na verdade tive dois, pois nessa perfumaria do Saldanha descobri um autêntico elefante voador: um frasco solitário de Jil Sander Sun! Aos anos que eu não encontrava este perfume! Isto sim cheira mesmo a Verão :-D

Entretanto aproveitei dois vales que tinha guardados há séculos para comprar um vestido já da "colecção nova" (i.e. aquela colecção que ainda é roupa de Verão mas acabou de chegar e não está em saldo) da Lanidor, que acabou por ficar a metade do preço original. E foi o momento Extreme Couponing da semana.

[girlcrush] Anne Hathaway


Anne Hathaway chega amanhã aos ecrãs nacionais na pele de Catwoman em O Cavaleiro das Trevas Renasce, terceira e última parte da trilogia Batman assinada por Christopher Nolan e protagonizada por Christian Bale.


A verdade é que ainda tenho algumas dúvidas. É muito difícil ultrapassar a Catwoman que Michelle Pfeiffer nos deu em Batman Regressa (por favor vamos todos esquecer que o filme com a Halle Berry sequer existiu). Mas para mim Anne Hathaway tem dado nas vistas por outras razões: cortou o cabelo para interpretar a personagem Fantine no musical Les Miserables, que estreia no próximo Natal, e de repente transformou-se numa adorável gamine com uns pozinhos de Audrey Hepburn.


Quanto ao próximo Les Miserables, que tive a oportunidade de ver nos palcos do West End londrino há muitos anos, só tenho uma palavra a dizer: baldes. Baldes de lágrimas é o que vão chorar a ver isto, e consideram-se já avisados. Aliás, é melhor ter já uns lencinhos à mão só para ver o trailer.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...