Swann e eu [referência literária pseudo-intelectual]


Nunca poderia Marcel Proust adivinhar, que a sua obra de sete volumes Em Busca do Tempo Perdido seria para sempre e por muitos (que não a leram nem pretendem fazê-lo) recordada pelo episódio da madeleine: o momento em que o protagonista Swann, ao provar um destes biscoitos, revive as tardes de infância em que a sua tia lhe dava madeleines mergulhadas em chá... No entanto todos os clichés se tornam clichés por terem um fundo de verdade, e a singela madeleine tornou-se no exemplo de como a memória é um processo incrivelmente ligado aos sentidos.

Comigo isto acontece muito com perfume. Durante muitos anos guardei a recordação de um dos meus favoritos da juventude, o Parfum d'Eté original da Kenzo, um floral maravilhoso. Pela única vez na minha vida, aconteceu-lhe o inominável: um dia o frasco escorregou-me da mão e partiu-se. Quando fui comprar outro, descobri que entretanto tinham reformulado o frasco e o perfume, e o Parfum d'Eté actual é pouco mais que uma água de cheiro, uma coisinha pálida que nada tem a ver com o original.

Mas quem sofre a maldição dos perfumes e cosméticos descontinuados tem, graças às internetes, uma possibilidade de redenção. Um belo dia lá me decidi a fazer umas buscas no eBay e ei-lo! um frasco novinho em folha (sim, vinha na embalagem original com celofane fechado) do meu Parfum d'Eté. O que se passou a seguir foi engraçado, porque abri a embalagem, borrifei nas costas da mão, e durante dez segundos fiquei ali a cheirar o perfume e a pensar "Mas quem és tu?!" porque não me estava, de todo, a recordar do cheiro, e por momentos receei que o produto estivesse alterado... de repente o perfume evoluiu, os neurónios desbloquearam e eu reconheci-o em toda a sua glória como se nunca o tivesse deixado de usar... o êxtase! A felicidade! É tal e qual eu o recordava e mais, tem uma duração incrível na pele para eau de toilette

A sério... Gosto tanto disto que seria capaz de comprar todo o stock existente à face do planeta Terra.


Um caso curioso, mas infelizmente inverso, acontece-me com o Tribú da Benetton. Este floral baseado em rosa búlgara, que creio ainda estar em produção (mas não sei se cheira ao mesmo de antigamente) é, na minha opinião, o melhor perfume que esta marca lançou. É um perfume a sério e não uma água de cheiro como eu costumo chamar a certos perfumes actuais. Não sofreu nenhum acidente e vive ainda em dose razoável no meu boudoir. O problema é que este perfume desperta em mim um estranho processo de associação a uma fase muito específica da minha adolescência, quase como uma máquina do tempo, e por isso acabo sempre a evitá-lo.

E pelos vossos lados? Têm perfumes sim e perfumes não?

10 comentários :

  1. Eu adoro o Dolce&gabbana the one, usei 2 frascos de 100ml, mas por motivos pessoais associo-o a uma fase mais em baixo da minha vida e agora tenho um bloqueio e não o consigo usar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estás a ver, é exactamente o que me acontece com o Tribú!

      Eliminar
  2. o ebay tem dessas coisas maravilhosas ehehhe :) não conheço nenhum dos perfumes infelizmente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Coquette,

      No ebay cuidaddddooooo :)

      Se for no Amazon é credivel.

      Bjso
      Joana

      http://freshallure.blogspot.pt/

      Eliminar
    2. É realmente preciso ter cuidado no eBay, eu passo sempre imenso tempo a ler o feedback dos vendedores! Se for muito barato é logo de desconfiar... felizmente neste caso a busca deu frutos genuínos :D

      Eliminar
  3. acontece-me o mesmo... associar cheiros a fases da minha vida.
    Também usei o perfume Kenzo e nem percebo o porquê de ter sido descontinuado. O mesmo para o Yvresse (champagne, no original) de YSL. Eram os meus favoritos.

    ResponderEliminar
  4. Oi Patuxxa,

    Eu sou louca por perfumes e o meu 2ºpost foi sobre isso mesmo eheheheh

    Falo nos meus Clássicos ;) podes ver aqui http://freshallure.blogspot.pt/2013/01/os-classicos.html

    Falo tb do Tribu, já não se faz, mas ainda há a venda :) tenho um que comprei ha dois anos e o aroma não mudou em nada!!! :)

    Bjs
    Joana

    http://freshallure.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Acontece exatamente o mesmo comigo. Nada me leva mais rapidamente ao passado que o cheiro de um perfume não sou dada a grandes mudanças olfactivas. Bjs
    http://entreameianoiteeastres.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. esse perfume da benetton é mais de adolescente :)
    visto que eu ainda o tenho ali na prateleira ao pé dos outro mais modernos :)

    ResponderEliminar
  7. Meu deus, o Tribú! Obrigada por teres aberto o baú, quando for a casa dos meus pais tenho de ver se esse frasco ainda anda por lá.... <3

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...