crónicas


Por estranho que pareça, as recentes tendências de nail art e cores da moda no domínio do verniz, coincidiram com uma fase da minha vida em que praticamente virei as costas ao ritual da manicure semanal. Sempre arranjei as minhas próprias unhas, e há cerca de dez anos tinha experimentado o  gel uma vez, mas não gostei da aplicação e nunca mais fiz. Há coisa de três anos, quando o El Corte Inglès ainda tinha um balcão da OPI, resolvi voltar a experimentar o gel - andava numa fase em que tinha as unha super quebradiças - e deu-se a magia. Aquelas meninas tinham uma técnica que era uma maravilha: nunca usavam as limas eléctricas em excesso, praticamente não tocavam na unha natural, e faziam um gel fininho que mal se notava que era gel e durava um mês na maior. 

Foram anos de descanso. Às vezes fazia cor natural e depois usava verniz por cima (é perfeitamente possível, desde que se utilize apenas removedor sem acetona), às vezes usava cores mais flash, a dada altura no ano passado andei tão enamorada de um lilás que o usei meses a fio e até anotei a marca e o número da cor... Entretanto o balcão do El Corte Inglès tinha fechado mas a equipa abriu um salão perto e eu continuei a ser fiel à mesma menina. Mas a vida não poupa ninguém. O salão fechou de vez no final de 2012 e eu ainda guardei o contacto dela, mas agora está a trabalhar super longe de mim e é impossível passar lá...

Ainda experimentei fazer gel em mais dois sítios diferentes (sendo que um deles, inclusive, era um balcão da Nails 4'Us) mas não gostei nada das técnicas. Honestamente o assunto começou a irritar-me, e eu já sei que quando chega a este ponto o melhor é não insistir.

Por isso agora estou a deixar crescer o gel até sair e a pintar as unhas por cima. É muito melhor que retirar o gel de vez e deixar as unhas a nu; só dá um bocadito mais de trabalho, porque com gel demoras bastante mais a limar as unhas.

Creio que o Universo já andava há uns tempos a dar-me sinais disto. Primeiro ganhei um kit de vernizes da Le Métier de Beauté, depois apaixonei-me pelos vernizes Im'Perfection da Illamasqua. Isto sem falar na loucura de cores boas e baratas que por aí há da KIKO, Flormar, Cliché. E depois ainda tenho bastantes vernizes para gastar em casa...

Nota 01: a propósito da foto que ilustra esta entrada, tenho a dizer que os piores vernizes "de topo" que alguma vez vi são os da NARS. Aquilo pura e simplesmente não seca! Podem pintar as unhas a meio da tarde, que no dia seguinte acordam na mesma com marcas de lençóis. A não ser que tenham melhorado a fórmula em anos recentes...

Nota 02: os vernizes da colecção Im'Perfection são tal e qual como na imagem, e têm uma duração e desempenho fantásticos. Infelizmente são infernais para retirar devido às pintinhas, que são uma espécie de glitter opaco.

Nota 03: o senhor Blogger resolveu "despublicar" esta entrada e magicamente fê-la voltar ao estado de rascunho e ainda me apagou a parte final que precisei de reescrever. Se isto aparecer repetido no vosso feed, as minhas desculpas pela azelhice do sistema.

3 comentários :

  1. O gel foi talvez a minha pior experiência a nivel de unhas e quando saiu, aí foi o desastre completo. Até hoje acho que elas nunca mais ficaram tão fortes como eram, mas pode ter sido o trauma! Já há muito tempo que opto por pintar com verniz normal, dando ocasionalmente uma piada com brilhantes ou topcoats. Nunca experimentei vernizes Nars, mas apesar de adorar um bom verniz e baratinho, os meus preferidos serão sempre os da Chanel. Também gosto imenso da Dior. Já com outras marcas depende bastante do verniz (Essie, OPI, tanto corre bem como mal)... Ando desejosa de experimentar Revlon, mas ainda não calhou. Nas raras vezes que deixo alguém arranjar-me as unhas só confio na Marlene da Pretty Exquisite, para além de já me conhecer e perceber perfeitamente o que gosto, alia técnica, delicadeza e esterilização (o que nem sempre acontece e é bastante importante).

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sempre achei estranho ler tantas pessoas a queixar-se do gel, mas depressa percebi que estava "na ilha" e encontrar uma boa profissional é o cabo dos trabalhos! Também por isso optei por deixar crescer em vez de tirar tudo, porque sei que neste momento por baixo a unha está mais frágil (a menina da Nails 4'Us abusou das limas...)

      Se encontrares Revlon experimenta, a cor é fantástica e os vernizes duram imenso tanto na unha como no frasco! Aquele Revlon que ali está é de 2009 e o que resta continua perfeito :D
      Beijinhos,

      Eliminar
  2. Uso gel há anos nunca mais tirei dura um mês e nunca mais vi as minhas unhas que eram horríveis porque roía. Adoro gel estão sempre impec!!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...