Estée Lauder | Pure Color Cello Shots


Eu bem digo, desde que o Tom Pecheux "tomou conta" da direcção criativa que a maquilhagem Estée Lauder alia à qualidade de sempre uma inovação brilhante e cores fantásticas. A colecção de Verão chama-se Cello Shots e gira à base das cores fortes mas aplicadas em transparência; estas embalagens apetitosas são os blush em gel Cheek Rush. Lindo.

O velho, o rapaz e burro [uma fábula sobre empreendedorismo]

Era uma vez na Grécia antiga um senhor chamado Esopo que escrevia histórias ou como ele gostava de lhe chamar, fábulas. A sua obra passou de geração em geração até que muitos anos depois um francês chamado La Fontaine resolveu escrever versões novas dos contos de Esopo. E mais gerações passaram ainda, até que a grande Sophia de Mello Breyner Andersen pegou numa dessas fábulas e a contou em verso:

O Velho, o Rapaz e o Burro

Um velho, um rapaz e um burro na estrada.
Em fila indiana os três caminhavam.

Passou uma velha e pôs-se a troçar:
-O burro vai leve e sem se cansar!
  
O velho então pra não ser mais troçado,
Resolve no burro ir ele montado.

 Chegou uma moça e pôs-se a dizer:
-Ai, coisa feia! Que triste que é ver!

 O velho no burro, enquanto o rapaz,
Pequeno e cansado, a pé vai atrás!

O velho desceu e o filho montou.
Mas logo na estrada alguém gritou: 

-Bem se vê que o mundo está transtornado!    
 O pai vai a pé e o filho montado!

O velho parou, pensou e depois
Em cima do burro montaram os dois.

Assim pela estrada seguiram os três:
Mas ouvem ralhar pela quarta vez:

Um rapaz já grande e um velho casmurro.
São cargas de mais no lombo de um burro!

Então o velhote seu filho fitou
E com tais palavras, sério, falou:

Aprende, rapaz, a não te importar,
Se a boca do mundo de ti murmurar.

Porque é que estou a contar-vos estórias de encantar? Porque este país às vezes esgota-me. Fala-se agora tanto em iniciativa, em apoiar a nossa indústria e agricultura, "o que é nacional é bom" etc. tal, mas essa conversa rapidamente salta pela janela fora quando se passa das palavras à acção.

Tilda @ Cannes [Part Deux]


Pois, é um pijama coberto de missangas douradas (Haider Ackermann e parece-me que bespoke, mas não tenho a certeza). Este é para a categoria "não tente isto em casa se não for Tilda Swinton" mas caramba, tiro e volto a tirar o meu chapéu a esta senhora. No mar de tule, seda, corpetes e jóias que é o red carpet em Cannes, aqui está ela em preparos confortáveis e cabelos à cientista louco, sem sequer um brinquinho que se veja.





Levamos com outra side order de Tom Hiddleston (não me queixo...) graças àquela regra fantástica do cinema em que os pobres protagonistas têm de andar lado a lado durante todo o press tour. Mas acho que por enquanto ainda não se fartaram da festa:

Tilda @ Cannes [Part Un]



Honestamente o Festival de Cannes tem tanta gente, tanto vestido, tanto tapete vermelho que a páginas tantas dá uma espécie de cansaço ou antes Cannesaço e não há paciência para publicar fotos de nada nem ninguém. Abre-se, porém, a honrosa excepção para Tilda Swinton em Chanel Resort 2014 (com uma side order de Tom Hiddleston num fatinho Reiss).






E cá está ele na passerelle original...



Tilda Swinton e Tom Hiddleston deslocaram-se a Cannes para a estreia mundial do filme Only Lovers Left Alive de Jim Jarmusch, que ambos protagonizam. É uma história de vampiros, mas diz que estes não cintilam nem se dão a devaneios românticos. Não tem ainda data prevista de estreia em Portugal...

Caudalie | Vinoperfect + Soleil Divin


Ora a isto sim, eu chamo uma promoção que vale a pena: a Caudalie está a vender um pack em que na compra de um sérum Vinoperfect oferecem um protector solar Soleil Divin SPF 50, e atenção que ambos os produtos são full size! Caso não o encontrem numa farmácia perto de vós, podem sempre encomendar na loja online da Caudalie.

Já agora, para comemorar os 80.000 fãs foi publicado no Facebook da marca um código especial de oferta para a loja online, válido até 31 de Maio: o código é CAUDALIEFAN e tem como oferta um tamanho de 30ml da Eau de Beauté e as as despesas de envio a partir de 59 €.

Vert d'Pipoca


E o verniz da semana é o Pipoca na Praia da colecção A Pipoca Mais Doce Verão 2013 by Inocos. Não é o meu primeiro verniz "pipoquiano" e adoro a fórmula da Inocos: fica perfeita em duas passagens e seca super rápido. Para mais este Pipoca na Praia é um "mano" bastante próximo do Vert d'Orient da Yves Saint Laurent. We like.

last bag standing

Eu bem sei que não sei a quantas ando, mas a verdade é que depois de passar bastante tempo a ver-me ao espelho com aquela carteira da Massimo Dutti, acabei por devolvê-la na segunda-feira. É que mesmo a versão em ráfia era grande, grande, eu sou mesmo baixinha e a coisa não resultava muito bem. Depois a carteira ficava esquecida no fundo do guarda-roupa e qual é o interesse de ter algo bonito que não podemos usar? Nenhum.

    

A maré de azar continuou com esta carteira da Zara que eu tinha encomendado na loja online. Sim, o bordado das missangas está perfeito e a carteira até está em conta. Mas ao vê-la ao vivo, não gostei dos acabamentos das costuras propriamente ditas e também não gostei da camurça. Mais uma a voltar para a loja...


No meio disto tudo andava de olho nesta shopper da Parfois que cada vez me parecia mais apetecível. Depois de mais uma visitinha à loja acabei mesmo por comprá-la e pronto, foi o fim do azar e o princípio de uma linda amizade.

petits mains

A Susie Lau tem uma entrada fantástica no Style Bubble sobre uma visita ao atelier da Hermès em Lyon onde são feitos os lenços de seda. Um must profusamente documentado e ilustrado com fotos de todo o processo desde a impressão da seda ao acabamento à mão.


Esta foto em especial fascinou-me. Petits mains é uma expressão francesa que designa as costureiras, bordadeiras, enfim, todas as maravilhosas mãos anónimas pelas quais passam os produtos de luxo e alta costura antes de chegarem às nossas mãos. São as mãos que concretizam os sonhos que começam por ser o esboço traçado por um criador e acabam a fazer a felicidade de alguém algures, que pode nem sonhar quantas horas de trabalho estão no produto que acabou de comprar.

Esta mulher de quem conhecemos apenas as mãos, é uma de muitas que têm o trabalho anónimo e minucioso de costurar à mão as bainhas dos lenços Hermès. Não lhe vemos o rosto, mas as mãos dizem-nos muito sobre a sua personalidade, o gosto que tem pelo trabalho e o brio na sua imagem pessoal... vejam como ela combinou a cor do verniz com a almofada de bordar! Achei o pormenor absolutamente delicioso.

Robin Wright can do no wrong


Sou fã inveterada da Robin Wright desde o filme A Princesa Prometida e fiquei de queixo caído com o seu novo visual. O cabelo curto fica-lhe a matar! Esta foto foi tirada em Cannes onde a actriz optou por um look minimalista e descontraído. Impecável!

[girlcrush] jordan baker



As críticas dividem-se, portanto não sabia bem o que esperar de O Grande Gatsby em versão Baz Luhrmann. Quer dizer, até sabia: luz, cor, excesso e Jay Z a tocar, que só quem nunca viu Romeo + Julieta ou Moulin Rouge poderia ir ao engano. Mas a verdade é que não gostei assim tanto do Austrália e receava que a fórmula pudesse estar a esgotar-se. Opiniões são opiniões, mas gostei muito do filme e achei-o, à sua maneira, muito melhor que a adaptação de 1974, que eu considero um prodigioso desperdício de talento de todas as partes envolvidas, e aborrecido como tudo. 

O Grande Gatbsy não é, na verdade, uma história de amor clássica, mas sim uma história de ascensão e queda, de orgulho e de obsessão, e nesse sentido Leonardo DiCaprio consegue demonstrar de forma impressionante o carácter fascinante, enigmático e obsessivo de Gatsby e Carey Mulligan consegue ser uma Daisy que é simultâneamente um ideal de perfeição feminina e uma personalidade frágil.

Bem sei que meio mundo e o outro andava louco com os figurinos Prada e as jóias Tiffany utilizados no filme, mas como quase só apareciam imagens da Daisy eu nem andava a ligar muito à coisa. Se virem o filme ou lerem o livro perceberão melhor, mas a Daisy não é uma verdadeira flapper dos anos 20. Cortou o cabelo e subiu a bainha da saia, mas por dentro ainda é uma menina romântica.

Não é esse o caso de Jordan Baker, interpretada pela quase estreante Elizabeth Debicki, e foi o estilo dela que imediatamente me fascinou no grande ecrã:





E tenho a dizer que este vestido preto com o peitilho em pedrarias é, para mim, a coisa mais linda do filme. Gostos são gostos e talvez muito disto tenha a ver com o facto de o visual da Jordan Baker ser mais próximo do meu - cabelo escuro e cores fortes. Curiosamente, apesar de ter um camiãozinho de jóias em cima (brincos, anel, pulseiras, cinto e mais o peitilho do vestido) o visual não perde a sua descontracção e jovialidade. Ela é uma flapper, sim, e é bem capaz de saltar para dentro da piscina com o seu vestido e as suas jóias milionárias.




Um pormenor em que só reparei agora, são as unhas com a meia-lua a descoberto e uma manicure francesa feita com verniz vermelho. O cabelo é o corte icónico dos anos 20 (e muito parecido com o meu, portanto sou suspeita), que fica especialmente bem na Jordan / Elizabeth realçando as suas imaculadas maçãs do rosto.

PrettyBallerinas

"Rosario" British Flag With Punk Piercing € 195

A PrettyBallerinas é uma marca do grupo Jaime Mascaró, empresa que tem as suas raízes na ilha de Menorca onde desde 1918 se dedica ao fabrico de sapatos. Como o nome indica, a PrettyBallerinas centra-se na produção de sabrinas e sapatos rasos em todas as cores e variantes que possam imaginar! Podem já ter visto sapatos desta marca no El Corte Inglès, mas garanto-vos que são apenas uma fracção da variedade disponível na loja online da marca.

Eu tenho umas PrettyBallerinas compradas na loja online já há uns anitos, e posso dizer que não ficam atrás das Repetto em comforto e resistência.  Continuam como novas! Por outro lado, enquanto as Repetto se ficam muito pelos modelos clássicos, as PrettyBallerinas às vezes saem-se com modelos incrivelmente originais como estas que aqui vos mostro, e que me apaixonaram apesar do preço "salgado"... Anarchy in the UK!

quem não tem cão caça com gato

Carteira Massimo Dutti 149 € 99,95 €

Isto das internetes tem que se lhe diga. Quantas vezes não corremos a uma loja depois de ter visto a tal peça num lookbook, para sofrer uma desilusão ao vê-la ao vivo? Tenho a dizer que aquela carteira "Massimo Lauren" que eu andava a rondar não é, de todo, uma desilusão. Acho-a mesmo um óptimo investimento pois é tão ou mais linda ao vivo que nas fotos: formas simples e clássicas, óptimo cabedal daquele que dura décadas. 

O problema, como em tantos filmes românticos: it's not you, it's me. É que a carteira era um bocadito grande e por ser de cabedal grosso, era pesada. Demasiado pesada para andar ao meu ombro o dia todo.

Entretanto reparei que havia uma versão com o corpo todo em ráfia e apenas o fundo e as alças em cabedal, mas inicialmente não lhe liguei muito. Mas fui reparando nela uma e outra vez, até que lhe peguei e percebi que (i) o facto de ser em ráfia tornava-a imensamente mais leve que a mana mais crescida e (ii) a própria cor mais clara tornava-a mais adequada ao Verão.

E depois hoje entrei na loja e a carteira estava com 30% de desconto portanto já sabem como é que esta história acaba, obrigado e bom dia.

Mulher escreve-se com M maiúsculo


KIKO Fierce Spirit


Não me tenho entusiasmado muito pelas últimas colecções da KIKO, mas a colecção de maquilhagem de Verão está fantástica! Chama-se Fierce Spirit e conta com produtos simples e práticos tais como bronzers e um BB Cream com SPF 30, acompanhados de vernizes e uma nova linha de sombras em creme em cores fabulosas! A Colour Shock Long Lasting Eyeshadow faz jus ao seu nome, usei-a hoje pela primeira vez e durou cerca de oito horas! Comprei duas, a cor champanhe é o #02 Sunset Coral e o lindíssimo turquesa é o #07 Caribbean Turquoise. Azul turquesa é uma daquelas cores a que eu não resisto...

Existem oito cores e tanto podem ser usadas como sombras ou como eyeliner. A colecção inclui um pincel duplo que serve para ambos os efeitos mas claro, para usar como sombra esbatem-se perfeitamente com o dedo. Trouxe ainda um verniz Sun Pearl na cor #430 Chili Pepper Red, um vermelho semáforo com brilhos dourados!


A colecção inclui ainda um produto multiusos, o Glow Touch Lips & Cheeks, e um batom líquido, o Vinyl Lips Liquid Lipstick. Confesso que estes não me atraíram muito; o multiusos lábios e blush pareceu-me demasiado glossy para resultar como blush na minha pele oleosa, e honestamente já tenho batom líquido que chegue para sobreviver a um apocalipse de zombies sem perder a compostura. Mas as sombras em creme são realmente fantásticas e estou mesmo tentada a trazer mais uma ou duas!

stuff that works


Estou a dever-vos um desaparecidos em combate relativo aos meses de Março-Abril mas hoje resolvi fazer algo diferente e mostrar os produtos que actualmente estão em uso diário chez patuxxa. A verdade é que depois de uns meses de Inverno marcados por vermelhidões, acessos de acne e uma alergia a um produto cosmético, no último mês e meio a minha pele anda uma maravilha. 

De manhã e à noite limpo / desmaquilho o rosto com o Nutriganics Softening Cleansing Gel Oil da The Body Shop. Tecnicamente é um desmaquilhante, de manhã uso mesmo só um bocadinho. Adoro a textura entre o gel e o óleo, é perfeito para massajar o rosto. Costumo retirá-lo com um paninho de musselina. 

Esqueci-me de fotografar o tónico... é o Eudermine Revitalizing Essence da Shiseido e sim, confesso que o comprei porque o frasco da edição comemorativa era um mimo! Honestamente não sei se faz alguma coisa mas... mal também não faz. É muito suave e fresquinho.

Depois da limpeza e tónico, o famoso Hydraluron! É um produto perfeito para aplicar debaixo do hidratante pela manhã, pois a sua textura em gel é imediatamente absorvida. Gosto muito deste produto e pelo que li no blog da Caroline Hirons, creio que pode ter ajudado ao desaparecimento dos acessos de acne, na medida em que ao reequilibrar a hidratação da pele torna-a mais resistente às bactérias. Em seguida uso o Tratamento Hidratante Anti-Imperfeições da Vichy do qual já vos tinha falado anteriormente. Nos meses de Inverno interrompi este hidratante para usar o Couperend Maintenance Cream da Mesoestetic (que entretanto já terminei), daí ainda ter um restinho. Calha mesmo bem para estes meses, porque tem efeito matificante.

Nos olhos uso o Aqualia Thermal Roll-On Yeux da Vichy, um daqueles hidratantes com aplicador metálico que sabem mesmo bem de manhã!

E a seguir impreterivelmente antes de sair de casa... protector solar! Depois de terminar o meu último da Clarins, estou a acabar uma embalagem de Extra Smooth Sun Protection Lotion SPF 30 da Shiseido. Apesar de ser um face & body é óptimo, espalha-se bem sem ficar branco e seca num instante. Nos olhos uso da mesma marca, o Sun Protection Eye Cream SPF 25.

Nos dias em que uso BB Cream, e dependendo um bocado da disposição, às vezes aplico directamente a seguir ao Hydraluron, às vezes ainda aplico um pouco de hidratante e só em seguida o BB Cream.

À noite volto a usar o Nutriganics Softening Cleansing Gel Oil. Retira muito bem toda a maquilhagem, mas costumo usar um algodão embebido em Bioderma para os olhos e/ou baton de cor. A seguir novamente a Revitalizing Essence e aqui entra a rotina da noite:

Aplico o Nutriganics Drops of Youth no rosto e o Nutriganics Smoothing Eye Cream nos olhos. Comprei o Drops of Youth numa promoção da The Body Shop e fiquei agradavelmente surpreendida como, aliás, com o desmaquilhante: é um gel muito fresco que dá uma sensação imediata de hidratação e repouso. Só perde pontos pelo aplicador em conta-gotas, que é um falhanço. Já o hidratante de olhos, não digo nem bem nem mal...

Depois do sérum aplico um produto maravilhoso que me foi recomendado pela técnica após um tratamento de pele: o Aroma Night Baume de Nuit Essentiel Neroli da Decleor. Vem num potinho minúsculo de 15ml mas dura imenso porque se usa pouquíssimo: é um bálsamo sólido que se raspa do potinho com uma espátula e se derrete nas mãos antes de passar no rosto. Como todos os produtos desta marca, o aroma é divinal e a sensação de conforto na pele é maravilhosa. De manhã o rosto acorda repousado e nutrido.

O curioso é que iniciei dois ou três destes produtos no princípio de Março e portanto não sei bem se posso atribuir esta bonança cutânea a algum deles em particular... mas como vários deles estão quase no fim, em breve veremos!

stuff patuxxa likes #10 [orange crush]


Há tempos que tinha em wishlist este blush em creme da Revlon, mas como não estava disponível para venda em Portugal, contava comprá-lo na minha próxima viagem a Londres... Bem, já não preciso de esperar! A Revlon acaba de lançar em Portugal os Revlon Photoready, que já está disponível nos sítios do costume como a Beauty in a Box. O preço de venda é € 11,90.

@ Victoria & Albert Museum FACEBOOK
E falando em Londres, o senhor "responsável" pela minha próxima visita à cidade é o inigualável David Bowie. A exposição David Bowie Is está a ser a mais concorrida da história do museu Victoria & Albert, e diz quem viu que vale bem a pena!



Acontecem-me coisas estranhas na loja da Furla. Há coisa de um ano escrevi por aqui "se soubesse que aquela Candy azul bebé de fundo cobra era edição limitada, podem crer que a tinha comprado". Ora acontece que voltaram a reeditar a tal carteira. Eu andei um mês em profunda reflexão sobre se a comprava ou não, porque sei que as Candy não vão para saldo. Até consultei uma colega que tem uma Candy há coisa de um ano, para ver se as carteiras resistem bem ao teste do tempo (diz que sim). E um belo dia lá fui à loja comprar a Candy azul bebé.

Saí de lá com a Candy cor de laranja que aqui vêem. 

Mal a vi na loja, apaixonei-me imediatamente. Depois comecei a reflectir e percebi que esta combinava com muito mais coisas do meu armário... Caso estranho e quase paranormal, porque a verdade é que esta cor não aparece de todo entre a miríade de combinações Candy que se podem ver na loja online da Furla. É que nem fotos arranjava para ilustrar esta entrada e portanto tirei eu uma foto à minha. Anyway! Amor à primeira vista. 


Não conhecia a marca Laboratórios Sesderma até que um belo dia recebi na farmácia uma amostrinha deste serum. Maravilha absoluta. Adorei a textura, o cheiro, e a luminosidade que dava à pele, sim, porque aquela pequena amostra foi o suficiente para ver resultados. Depois andei uns tempos sem conseguir encontrar a marca à venda, até que descobri a página deles no Facebook onde constam as farmácias e parafarmácias que têm a linha. Em matéria de seruns estou agora a terminar o Drops of Youth da The Body Shop, do qual falarei em breve. Este é o senhor que se segue!

Carteira ZARA, € 39,95
Espero pelos saldos? Não espero? Ai, decisões, decisões...

new @ Inglot


Já sabiam que a Inglot tem um modelo de paleta novo? Agora para além da tradicional paleta com tampa transparente magnética, está disponível uma paleta com tampa em dobradiça, espelho e aplicador duplo em esponja. Custa mais € 1,50 que as paletas de tampa magnética.


Desta vez tentei fazer uma paleta simples e versátil, que pode ser clássica ou colorida se optar por usar o azul central. Infelizmente ando mesmo distraída e esqueci-me de anotar os números das cores, mas prometo actualizar esta entrada hoje à noite!

Update: Conforme prometido os números das cores são o 393 (champanhe), 428 (azul marinho) e 421 (chocolate).

BB Season


Deixem-me começar por dizer que estou farta desta mania de chamar BB a tudo. Mas agora parece que já passámos para os CC, e como o alfabeto ainda tem mais vinte e três letras a seguir, honestamente temo o pior. Enfim. É claro que eu não vou descartar um produto só por se chamar BB, mas o contrário também se aplica e não vou comprá-lo só por se chamar BB, ou CC, ou DD... Como bem diz a Caroline Hirons neste vídeo imperdível de uma conversa fantástica com as manas Pixiwoo sobre cuidados de pele, estes cremes são simplesmente uma nova geração de hidratantes com cor, ponto final. Escusam de andar aí a apregoá-los como o supra-sumo da batata frita.

Dito isto, desde que descobri o meu primeiro BB Cream da marca Erborian que este se tornou um produto indispensável nos meses de Verão. Como já devem ter lido por aqui mil vezes, a minha pele é mista/oleosa/sensível e com o calor é tipo derrame de petróleo, portanto quanto menos camadas de produtos lhe deitar em cima, melhor ela se aguenta. E a combinação de um BB Cream com um pouco de pó mineral por cima é uma equipa vencedora.

Já vou no segundo da Erborian, o meu primeiro era o Clair (única cor existente nos primórdios) mas agora tenho o Doré, mais adequado para as peles médias e que funciona na perfeição para a minha pele. O único senão em relação a este produto é que ele é mesmo um BB Cream na acepção original do produto, que era um creme algo espesso criado por uma dermatologista alemã para ser utilizado pelas suas doentes após procedimentos dermatológicos. Tem imensa cobertura, até demais, por isso misturo-o com hidratante e fica perfeito.

Quanto ao Pure Radiant da Nars, já vos falei dele aqui e continuo a adorá-lo. A sua textura meio gel é um prazer na aplicação! Tem cobertura média e fica super natural na pele, uma maravilha. Menção honrosa ao facto de ter a protecção solar mais alta, um eficaz SPF 30/PA+++ que o torna perfeito para os meses de Verão.

Junta-se a estas estrelinhas um glorioso desconhecido que eu comprei em Novembro mas só abri há umas semanas: o No. 7 Beautiful Skin BB Cream for Normal / Oily Skin da Boots. Pois, eu realmente não precisava de comprar mais um BB Cream na altura, mas acontecem coisas estranhas nas lojas Boots. Estranhas e quiçá mágicas... Existem duas cores, Fair e Medium, claro que eu sou o Medium; inteligentemente a Boots também faz uma versão para peles normais a secas e outra para peles secas a muito secas. Não há cá dessas lengalengas que um só creme e uma só cor servem para todas.

E sobre este produto tenho a dizer que vale bem a pena investigar se passarem por terras de Sua Majestade nos próximos tempos! O Medium funde-se muito bem no meu tom de pele, e o creme tem uma textura óptima, quase refrescante, com uma cobertura média que aguenta o dia todo e, mais uma vez, se revela óptima para os meses de calor.

Finalmente um pequeno mimo da Dior chamado Hydra Life BB Eye Creme Défatigant Sublimateur Beauté du Regard. Eu não disse que agora chamam BB a tudo? E na verdade eu comprei este produto meio por acidente. A verdade é que lhe achei graça mas os preços no expositor da Sephora estavam um bocado confusos e só quando cheguei à caixa é que percebi que isto custa € 40 embora eu o tenha comprado por menos, aproveitando os habituais descontos dos 20%. Ainda assim, por este preço devia fazer massagens e tirar cafés! Ultrapassado este pormenor, a verdade é que acho este produto brilhante: tem SPF 20 / PA ++ e é uma espécie de cruzamento entre um iluminador e um corrector, com acabamento extremamente natural e muito boa fixação ao longo do dia. Muito boa mesmo! Quanto às propriedades hidratantes é que não posso dizer grande coisa, porque continuo a usar o meu hidratante de olhos da Vichy por baixo. Existe em duas cores: #01 Beige Lumière (subtom rosado) e #02 Pêche Lumière (subtom amarelado), sendo que eu trouxe este último.

face it, she's Madonna

"EU JÁ VOS MOSTRO O QUE É REALMENTE O PUNK, SEUS COPINHOS DE LEITE" terá exclamado Madonna quando soube que o tema do Met Ball este ano era Punk: From Chaos to Couture.


E onde quase toda a gente foi couture "apimentado" com umas tachas aqui e uma sombra preta carregada ali, esta senhora mostrou como é que é o punk genuíno. Porque Madonna viveu o punk nova-iorquino em pleno quando todas estas starlets ainda eram óvulos no regaço de suas mães.

Não quer dizer que eu goste especialmente do estilo, que não gosto, e também já fui mais fã da Madge do que sou hoje. Mas há que reconhecer, quando Madonna faz uma coisa, não a faz a meias.

ai, Zara, afasta-te de mim...

Blazer estampado € 59,95 | Carteira bordada missangas € 59,95 | Vestido peitilho bordado € 45,95
Blusa bordada € 25,95 | Carteira envelope € 39,95

Bem, depois de um início de estação com demasiados pretos para o meu gosto, a Zara parece ter sido invadida por uma explosão de cor, estampados e peças bem interessantes e originais. Ainda por cima aquele quimono dourado voltou a estar disponível. E pasme-se, aquela carteira também. Com licença que vou só ali espreitar à janela se os porcos já levantaram voo.

Estée Lauder Illuminating Powder Gelée


O Illuminating Powder Gelée é um produto quase mágico que a Estée Lauder tem lançado nas suas colecções de Verão desde há uns anos. Todos os Verões há uma variação diferente, sempre na onda do bronze e do ouro. Apesar da sua cor intensa, é um produto incrivelmente versátil e usável. Este ano a cor lançada é o Heat Wave, um dourado lindíssimo. Achei que era uma boa oportunidade para vos mostrar o meu Shimmering Sands, que é da colecção Verão 2012.


Eu não costumo ser esquisita com estas coisas, mas precisei de uns dias para ganhar coragem para usar este produto... já agora, estas fotos estiveram a ganhar pó no meu computador desde Setembro do ano passado. Eu sou mesmo um bicho-preguiça.


O Shimmering Sands é um ouro rosa quase bronze simplesmente único. Ora aqui entra o factor versatilidade do produto. Ele traz um aplicador que eu não recomendaria a não ser que queiram um efeito bastante intenso. Mas aplicado com um pincel duofibra como o MAC 187, deixa um véu suave e luminoso nas maçãs do rosto ou no decote. A textura é finíssima e praticamente não deixa partículas soltas, funde-se na pele com a aplicação. 


Mas se o aplicarem com um pincel de sombra podem usá-lo como sombra de olhos, porque o pigmento é mesmo intenso. A isto chamo eu multitasking!

Infelizmente a distribuição da Estée Lauder em Portugal é fraquinha, por isso nem todas as perfumarias recebem as colecções todas. Uma vergonha, porque desde que o Tom Pecheux entrou como director criativo, a maquilhagem da Estée Lauder está um sonho! Os sítios mais prováveis para encontrar a colecção de maquilhagem de Verão são o El Corte Inglès e a Perfumes & Companhia, que ainda assim costuma receber mais coisas que as outras lojas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...