patuxxa vai aos saldos (part deux)

Foi uma espécie de alívio entrar ontem na Zara e constatar que os saldos estão absolutamente miseráveis. As peças interessantes da estação há muito que voaram ou então transformaram-se por magia em "nova colecção". Do resto, nada mas mesmo nada. Encontrei um vestido que tinha debaixo de olho descontado de € 45,95 para € 29,95, no entanto e como já havia receado (nunca o vi nas lojas), ao vivo é uma desilusão completa: não gostei do tecido, achei o bordado mal feito, enfim.


Com isto, parece-me que remato os saldos com um vestido, uma camisa branca, e umas camisolas de malha de algodão. Honestamente os saldos da cosmética andam muito mais aliciantes...

Camisa Purificación Garcia | Vestido Mango
Camisolas Massimo Dutti (1) (2)

girlcrush: Rinko Kikuchi


Foi amor à primeira vista por estas imagens da actriz japonesa Rinko Kikuchi na estreia do filme Batalha do Pacífico. Lembrar-se-ão talvez dela no filme Babel, onde interpretava a adolescente Cheiko. Em Batalha do Pacífico, Rinko interpreta uma personagem muito diferente: uma jovem piloto de gigantescos robôs em batalhas contra monstros marinhos.


Adorei o vestido (OK, adorei a parte de cima, achei a parte de baixo meio torta, podem ver mais fotos aqui), o cabelo e a maquilhagem! Nunca pensaria em juntar um batom fuchsia com um smoky eye em ouro e negro... Tiro o meu chapéu a quem a maquilhou, conseguiu realçar as feições da actriz e fugir aos estereótipos com um look fresco e original.


patuxxa vai aos saldos


Ir aos saldos da Perfumes & Companhia é como jogar no Euromilhões. Uma loja tem um verdadeiro maná de saldos, outra nicles. E para além de jogar com o factor localização, jogas com o dia. No Sábado fui à P&C do Colombo e tinham praticamente todas as paletas Guerlain, montes de batons e até pós e bases, e além disso quase todos os Vernis à Lévres e a linha inteira de vernizes da Yves Saint Laurent em saldos. Ontem voltei a passar lá e tudo isto tinha desaparecido! Em compensação havia uma prateleira cheia de produtos Chanel que era de chorar. Montes de Rouge Coco e Rouge Allure, bases, imensos vernizes, até um Soleil Tan eu vi por lá em saldo!

Claro que apanhar estas pequenas maravilhas a 40% não são só facilidades, e em ambas as ocasiões precisei de fazer várias viagens entre o expositor e a prateleira dos saldos, porque não havia testers dos produtos que estavam em promoção mas a maior parte deles estavam "disponíveis para consulta" no expositor (com excepção de vários produtos que deviam ser edição limitada... sim, confesso que andei a abrir embalagens mas caramba, não tenho visão Raios X como o Super-Homem).  No meio disto tudo, conseguir sair ontem da P&C apenas com um blush da Chanel pelo qual suspirava desde 2012, o Horizon, e ainda um batom Rouge Coco na cor #23 Rouge Orage (nome incompreensível: o batom não é vermelho, é uma espécie de rosa pêssego).


Não vou comentar o momento em que eu estive quase, quase a comprar um Rouge Coco na cor #31 Cambon... esquecendo-me que já tenho essa cor. 

E onde ia eu? Pois, na desgraça de Sábado. Ao ver todas as paletas de sombras da Guerlain com 40% de desconto ia-me dando uma coisa. Eu não sou fã das paletas Écrin 6 Couleurs: achava-as escandalosamente caras (mesmo com o desconto...) e as cores e a textura das sombras não me impressionavam. No entanto as Écrin 4 Couleurs (que foram lançadas depois, e acho que reformularam as sombras) são infinitamente melhores e fiquei rendida à qualidade destas sombras depois de trazer para casa no Natal a edição limitada Turandot. Estas sombras são super pigmentadas, suaves como veludo, espalham-se que é uma maravilha, e tenho verificado que têm uma duração espectacular mesmo com o calor!


Ao ver todas, mas todas elas em saldo, bem... decidi-me a fazer uma loucura / investimento e trouxe duas! A #05 Les Gris é a que vêem acima, uma paleta bem versátil com um cinza mate, dois prateados, e um cinza azulado metálico que é de cair para o lado. Eu prometo swatches de tudo mas estou a tirar fotos com o iPhone, emprestei a máquina fotográfica a um familiar que precisava dela por motivos profissionais!


Esta aqui é a #04 Les Bois de Rose e tem dois rosas e dois castanhos lindos, é uma paleta perfeita para fazer um visual neutro saindo dos castanhos e nudes... Tendo em conta que mesmo com 40% em cima não são propriamente baratas, fiz um esforço para trazer cores que ia usar mesmo e não repetir cores que já tinha. Mas tenho a dizer, e assino por baixo, que para mim as Écrin 4 Couleurs são actualmente as melhores paletas de sombras no segmento luxo e deixam a Dior e a Chanel a um canto! Ganham não só na qualidade indiscutível mas também nas maravilhosas combinações de cores!


E o remate final na desgraça: se eu já não estava bem depois de ver as paletas da Guerlain, não sei como não desmaiei quando vi o perfume Y em saldo. Deixem-me fazer um pequeno aparte: eu adoro os perfumes clássicos da YSL, mas detestei os dois últimos perfumes da marca, o Elle e o Manifesto. Absoluta desilusão. Ainda por cima "descontinuaram" diversos clássicos da marca como o Y (primeiro perfume da marca que data de 1964) e passados uns tempos voltaram a lançá-los muito mais caros e nuns frascos absolutamente horrorosos. Obviamente que quando vi um frasco de 80ml de Y a €55 (o preço normal disto anda na ordem dos €90) nem pensei duas vezes! Às vezes estes perfumes mais antigos levam com umas reformulações em cima e deixam de cheirar ao mesmo, mas tenho a dizer que o Y continua óptimo e recomenda-se!

Para rematar trouxe este verniz azulinho lindo, o #18 Bleu Majorelle. E pronto, agora volto a abastecer-me nos saldos de Janeiro. OK, é certo que compro um batom ou uma sombra aqui e ali aproveitando os inescapáveis 20% que todas as perfumarias fazem (e depois há as coisas que se acabam e precisamos mesmo de repor), mas nestes tempos e com saldos assim, tão cedo não me apanham a comprar maquilhagem full price.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...