coven


É algo surpreendente encontrar Blair Eadie, tão hábil em misturar cores e padrões, vestida de preto da cabeça aos pés. Será que ela também é fã de American Horror Story: Coven?

Blair Eadie @ Atlantic-Pacific

Aprecio o facto de American Horror Story contar uma história diferente em cada temporada. Vi a primeira, evitei a segunda e adorei a terceira, uma história de bruxas modernas passada em Nova Orleães.


E na verdade podemos talvez encontrar uma nova goth couture em visuais como o de Lorde, com preto total, pele luminosa e lábios escuros:

Lorde
Também funciona muito bem com branco, como demonstram Jessica Alba e Rooney Mara. Imperativo ter pele sublime e perfeitamente iluminada, e a restante maquilhagem mínima.

Jessica Alba

Rooney Mara
Entretanto as bruxinhas de American Horror Story já voaram para outras paragens, deixando-nos muitos visuais em negro esvoaçante, transparências e chapéus. Excepção feita ao caso de Myrtle Snow, a feiticeira de cabelos flamejantes (descaradamente inspirada em Grace Coddington).






Fica para a posteridade a participação especial da cantora Stevie Nicks no último episódio, onde interpretou a sua canção Seven Wonders. Em homenagem a Stevie, os autores da série baptizaram um dos ritos de feitiçaria com o nome da canção.


Stevie Nicks

 
Seven Wonders - Stevie Nicks - American Horror Story

2 comentários :

  1. A D O R E I esta temporada e estou extremamente miserável por ter acabado. Dizem que a seguinte vai ter o circo (freakshows e afins) como temática o que, a ser verdade, pode ser igualmente maravilhoso.
    Os outfits foram, no geral, maravilhosos e só me apetecia arrancar-lhes a roupa do corpo e ficar com tudo para mim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu graças à Myrtle Snow fiquei com uma ligeira obsessão por capas, percebo-te perfeitamente. Sabes que corre o rumor que aquele grito "BALENCIAGA!" pode conter uma pista para a próxima temporada? O que irá sair da cabecinha dos autores...

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...