uma original forma de salvar unhas partidas

Aqui há uns tempos partilhei convosco a minha experiência de manicure na Beauty Boutique da L'Oréal Paris. Não fiquei particularmente impressionada com o serviço e disse na altura que o facto de me terem feito uma autêntica "raspagem" da superfície da unha poderia levar ao enfraquecimento da mesma. Ora, passado cerca de um mês, e pese embora a fraca qualidade da foto (o meu iPhone dá-se muito mal com a luz do candeeiro do meu quarto), é perfeitamente visível que o produto que me aplicaram na altura me deixou as unhas de uma cor semi-amarelada completamente diferente da sua cor natural, que se pode ver na parte junto à cutícula que entretanto cresceu.

Acresce que, conforme podem ver, a unha do dedo médio tem uma pequena fractura, e aquela espécie de autocolante na unha do dedo anelar é mesmo um "remendo" para proteger a unha que partiu em quase um terço da largura, felizmente já na parte de fora do leito ungueal. A isto temos ainda de acrescentar a unha do polegar esquerdo, que está literalmente a descascar. Bonito serviço.


Parti a unha do anelar direito na terça-feira passada e como tinha acabado de colocar verniz no dia anterior, não tinha vontade nenhuma de cortar as unhas rentes e refazer a manicure. Recordei-me então de um método original para salvar a manicure sobre o qual tinha lido no portal xoVain. Com uma breve pesquisa voltei a encontrar o artigo Tea Bag Wraps: The Weirdest But Easiest Nail Repair Secret EVER, que faria o próprio MacGyver chorar lágrimas de orgulho. As instruções são perfeitamente simples e acessíveis pelo que apenas vos digo, vão ler. Como o nome indica, trata-se de usar pedacinhos daquela gaze de que se fazem as saquetas de chá, como "penso rápido" para a unha, usando verniz de base como cola. 

A minha primeira tentativa ficou um pouco irregular mas honestamente nem se notava muito. Qual não é o meu espanto quando a unha devidamente protegida desta forma aguentou de terça a domingo sem quebrar mais, e sem que o remendo descolasse mesmo com a usual exposição à água!

Ontem fiz a manicure da semana e consegui desta vez fazer um remendo mais completo e perfeitinho, que podem ver na foto supra. A única diferença em relação ao tutorial, é que eu nunca consigo alisar devidamente o remendo depois de o fazer; portanto, e porque um pouco de glitter ajuda sempre, pintei a unha com um verniz diferente, um glitter rugoso que disfarçou totalmente o remendo por baixo.


O verniz na unha do anelar, já adivinharam, é o Dangerous Chic by Patrick da Nails 4'Us. O resto da manicure é o Cherries in the Snow da Revlon.

4 comentários :

  1. Fantástico! Nunca pensaria em fazer tal remendo. :) (E já agora, adoro o Dangerous Chic!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É lindíssimo, não é? E uma ideia brilhante, o remendo. Assim a unha aguenta umas duas ou três semanas até poder limar e cortar sem que fique desfigurada e rente ao leito...

      Eliminar
  2. Olha que genial!! Já tinha lido sobre isto (não na mesma fonte, mas esta malta depois reproduz-se toda uma à outra) mas nunca tinha conhecido ninguém que tivesse aplicado o truque!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Funciona bastante bem! Requer algum jeito e é conveniente usar um base coat algo espesso para servir de "cola"; o Orly Bonder não resulta bem, mas desta vez usei o OPI Ridge Filler e já serviu.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...