aventuras na Expocosmética


Foi a minha primeira vez na Expocosmética. Acabei por não me inscrever como blogger e tinha a vida facilitada pelo facto de ter casinha no Porto; depois do que presenciei, e mais tendo em conta os relatos de terror relativamente à (des)organização do evento, antes prefiro andar por lá como comum mortal. Com efeito, o melhor de Sábado foi sem dúvida o convívio de meninas que organizámos espontâneamente: eu, a Ana do Coisas & Cenas, a Sara do Make Down, as irmãs Marlene e Diana do Pretty Exquisite, a Guida do Lazy Daisy, a Inês do Madame Turbante e a Ana Rita do Pindérica. Chegadas as meninas que vinham de Lisboa piquenicámos, conversámos, apanhámos sol e arzinho fresco, e assim retemperadas nos dirigimos aos pavilhões da Exponor para "atacar" a feira.

Não estava à espera de ver tanta gente; ainda mais surpreendida fiquei quando me disseram que Domingo e Segunda-feira (dia exclusivo a profissionais) são ainda piores. Eu não tinha propriamente uma lista de compras (o único produto que queria apanhar era mesmo o Flawless da Macadamia) mas levei orçamento para não me desgraçar, ultrapassei mas em pouco portanto o dano foi contido! As compras foram:

Da marca Macadamia comprei o Flawless no stand da SKPro, representantes portugueses da marca (que têm loja online mas é preciso registar-se como cliente para ver os preços). Descobri a Macadamia há uns meses e graças a simpáticas promoções no Lookfantastic e no Allbeauty fiz um belo stock  de produtos da marca. Prefiro o óleo deles ao Moroccanoil e gosto muito do champô e da máscara intensiva. Sucede que este Flawless, que é uma espécie de champô seco que não é bem seco e a marca descreve como um 6-in-1 cleansing conditioner, vem em aerossol. E portanto graças às malfadadas regras de segurança do transporte aéreo, das duas uma; ou não enviam para Portugal, ou o preço é estupidamente caro (a sério, isto custa € 19 na SKPro e na Feelunique custa € 28!). 

Infelizmente nem prestei tanta atenção como gostaria ao resto dos produtos da SKPro porque a fila para pagar estava enorme devido à lentidão do sistema. Ainda passei uns bons dez minutos a rever mentalmente um episódio da Mixórdia enquanto uma senhora atrás de mim com uma caixa debaixo do braço espetava constantemente a dita caixa nas minhas costelas.

Da marca Superfacialist trouxe o Neroli Daily Brightening Cleanser e o Vitamin C Overnight Radiance Capsules no stand dos senhores da Kitchen Makeup. Creio que não posso descrever o êxtase que todas nós sentimos ao ver um cartaz com a indicação "leve 3 pague 2" a coroar as prateleiras deste stand. Depois dos momentos iniciais de loucura lá nos acalmámos e eu rachei o desconto com a Sara, eu trouxe estes dois produtos e ela mais um. Entretanto já experimentei o cleanser e a primeira impressão foi muito boa.

Bloggers reagindo ao "leve 3 pague 2" da Kitchen
Na Peggy Sage comprei um mini verniz na cor Pauline, um azul alilasado. Fiquei algo desiludida porque não tinham a Divinicils no stand da Peggy Sage (adoro esta máscara, o aplicador em pente deixa as pestanas perfeitinhas) e quase que saía de lá sem nada quando os meus olhos pousaram no expositor dos vernizes e se fixaram nesta cor. Em mais cores até, confesso, mas como não conheço os vernizes da marca achei melhor trazer só um para experimentar...

Finalmente, na Da Vinci comprei o pincel 9775, um pincel gordinho algo semelhante ao flat top da Shiseido, mas com o topo arredondado, indicado para a aplicação de base e corrector. Nunca tinha ouvido falar desta marca e foi quase por acaso que encontrámos o stand, a um canto do Pavilhão 2. Tratava-se exactamente da representação oficial em Portugal de uma marca alemã, que começou por fazer pincéis artísticos e lançou recentemente uma linha de pincéis de maquilhagem. Foi amor à primeira vista, pena que os preços sejam puxaditos; mas a verdade é que já dei mais dinheiro por pincéis, e quando peguei no 9775 foi como se aquele cabo gordito tivesse sido feito de propósito para se ajustar à minha mão.

Para além das comprinhas houve direito a simpáticas ofertas por parte de várias marcas e representações presentes no evento. Da Carlos Santos veio uma bolsa de praia catita, uma miniatura de Uniq One da Revlon e um leque; da Collove vieram um porta-chaves fofinho e umas leggings que são tamanho L quando eu uso S mas talvez tenham aproveitamento; da Oleoban umas amostras simpáticas, e ainda do stand da Kitchen Makeup veio o novo CC Cream da Beauty UK na cor 30 Biscuit. E sabem que mais? Não só é exactamente a minha cor como já o usei ontem e hoje e gostei imenso! Tem uma boa cobertura, ar natural, espalha-se bem e praticamente não se sente no rosto. Acho que está encontrado um dos primeiros favoritos do Verão 2014.

Infelizmente nem todas as marcas tiveram a simpatia das acima referidas, e antes acabaram por involuntariamente dar um espectáculo de como não se gere a imagem num evento destes. A menina dos vernizes Andreia primeiro perguntou ao grupo se éramos bloggers, para numa segunda ronda perguntar quem é que estava inscrito como blogger e passou a ignorar quem não estava; que eu saiba não é preciso tirar carteira profissional para fazer isto, e olhem que eu leio o Diário da República todos os dias. Já na Mesoestetic, esses nem às meninas inscritas deram vazão porque tinham uma misteriosa lista para aí com dez nomes que seriam as únicas com direito a ofertas. Ficamos portanto a saber que na Expocosmética se pratica uma hierarquia que é mais ou menos assim: 1) bloggers VIP, 2) bloggers inscritas e 3) o resto. 

Claro que tudo isto empalidece ao pé do que passaram as meninas de Lisboa no autocarro de regresso à capital; há que dizê-lo, mesmo num país onde infelizmente nos habituámos a baixos padrões, isto desce muito, muito baixo. E não se percebe que dêem estatuto VIP a criaturas que passaram por mim duas ou três vezes com o arzinho mais aborrecido do mundo e nem sequer um saquinho de compras, quando tanta menina andava por ali a dar gritinhos de alegria com pigmentos, vernizes, batons e glitter de todas as cores do arco-íris. 

Nina Garcia says it all
Entendam que isto não é um lamento, mas uma constatação, porque eu não tenho vocação para Calimero. Há muito que percebi como certas coisas funcionam e não tenho esperança que mudem. Também não esperem que eu mude para ser popular. Podem fazer o que quiserem, que eu não faço vida disto e é um hobby. Escrevo o que me apetece e quando me apetece, e não ando a correr atrás das marcas a pedinchar coisas. Graças a este modesto estaminé tive a felicidade de conhecer pessoas maravilhosas e inteligentes com quem conviver é uma felicidade, um privilégio e uma verdadeira aprendizagem. E se pude ajudar ou trazer alegria a alguém com os meus escritos, experiências e desabafos, isso sim tem toda a importância para mim.

8 comentários :

  1. Eu nem pus lá os pés. Admito que até tenho curiosidade, mas disseram-me que a confusão é tal, que nem tentei :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não estava nada à espera de tanta gente, mas realmente para ir a melhor hora é ao início da tarde de Sábado.

      Eliminar
  2. Agora fiquei eu a babar para o teu Flawless da Macadamia! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ver o que sai dali! O bicho é tão estranho que tenho mesmo de experimentar, mas hoje estava a precisar de lavar com outro champô.

      Eliminar
  3. O que me ri com esta narrativa!
    Principalmente com a parte da caixa nas costelas, que acho que me apercebi de qualquer coisa in loco. Como sabes, há pessoas que não prezam pela boa educação mas tu serás sempre uma senhora!

    **

    ResponderEliminar
  4. Ai os Minions a imitar-nos ahahah! xD Mais nenhum grupo de pessoas perceberia a histeria em redor de um condicionador <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Absolutamente! Olha estou a adorar os dois produtos da Superfacialist, mesmo! Estou cá com um "glow" da vitamina C que até tenho gente a dizer-me que tenho bom ar!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...