Vichy Capital Soleil BB SPF 50


Já o tinha mostrado no Facebook e na semana passada mencionei-o ao falar de protecção solar, mas este creminho é tão bom que merece uma entrada só para ele.

Não sei se já terei aqui mencionado uma ou duas ou duzentas vezes, que a minha pele apesar da sensibilidade e ocasional rosácea, é oleosa. Mista no Inverno, vá, mas no Verão é um derrame de petróleo. E isto coloca um problema adicional, porque se no Inverno conseguimos sobreviver com sérum + hidratante + base ou BB, o Verão pede uma protecção solar a sério mas sérum + hidratante + protector + base ou BB em cima de uma pele que já está a produzir mais oleosidade, é algo problemático.

Felizmente a minha pele tem andado muito bem comportada nos últimos tempos, e a dar-se muito  bem com os produtos mais recentes da minha rotina. Isto reduz a necessidade de cobertura da base, o que no Verão ajuda bastante (excepção feita para uma erupção gigantesca que me surgiu no queixo há duas semanas, mas já sarou). Já tinha experimentado o Vichy Capital Soleil BB SPF 50 em algumas ocasiões sob o sol do Ribatejo, em dias que pediam apenas um tudo-nada de no-makeup makeup, e verifiquei que ele se portava bastante bem ao longo do dia, com um efeito natural e sem "derreter". Entretanto e com a chegada do Verão à cidade (e será que é desta que fica?) tenho experimentado substituir os dois passos protector + base ou BB apenas por este protector com cor e estou a gostar muito.

A indicação para peles mistas a oleosas não está lá por brincadeira. Este produto fixa-se de forma bastante tenaz e dura todo o dia, mas não tem grandes capacidades de hidratação, e realçará quaisquer zonas secas ou a escamar que tenham no rosto. Mesmo para peles oleosas, o hidratante por baixo é fundamental para criar uma base que permita trabalhar o Capital Soleil BB SPF 50 até ele se fundir com o tom de pele de modo uniforme. Ao fim de um minuto ou dois o produto "assenta" e forma o chamado toque seco, que ainda assim não fica completamente mate nem parece reboco; parece pele, pronto. Eu diria que tem cobertura média/baixa, uniformiza o tom de pele mantendo a luminosidade e um ar natural.

O que estes senhores chamam natural tan shade não é mais que o meu tom usual de pele, sendo que a cor única é um senão - acerta comigo, mas haverá certamente muita gente para quem é demasiado escuro ou demasiado claro. O efeito natural e a duração do Capital Soleil BB SPF 50 fazem dele um produto feito à medida para mim, que certamente terá muito uso este Verão.

3 comentários :

  1. Fiquei curiosa. Não é nada fácil encontrar um protector de jeito para peles oleosas; tenho usado um da Isdin, Dry Touch Color, mas o tom começa a ser um pouco claro para mim nesta altura.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma questão de ver a cor na farmácia! Mas a Vichy tem um "toque seco" incolor que eu já usei no ano passado e também gosto bastante, e um compacto SPF 30 que vem em dois tons. São ambos bastante bons para pele oleosa.

      Eliminar
  2. Não conhecia este produto e parece muito prático, uma vez que alia cor a um factor de protecção alto (os meus BBs da Tarte e da Estée Lauder são só spf 35, se não estou em erro). Acabei de comprar a Brume Invisible da Bioderma spf 50 e estou a adorar o produto. tem toque seco e cheira maravilhosamente

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...