num ecrã perto de si #2: Outlander


A recomendação de hoje é mais leve que a anterior e perfeita para aproveitar no mês de Dezembro, uma vez que Outlander está actualmente em intervalo: passaram oito episódios, mas os restantes oito da primeira série apenas serão emitidos a partir de Abril de 2015.

Para quem gosta de ficção histórica ou de fantasia, Outlander apresenta um enredo de romance clássico com elementos de ficção científica à mistura. Assim de repente esta série pode lembrar-vos aqueles romances que agora enchem prateleiras nas livrarias, com garbosos highlanders em tronco nu na capa, e a semelhança não é coincidência; no entanto tem o mérito de pegar em muitos lugares-comuns e virá-los do avesso, algo que dá imenso gozo.

Baseada numa série de livros escritos pela autora Diana Gabaldon, Outlander conta a história de Claire, uma enfermeira acabada de sair da II Guerra Mundial que em 1945 faz uma viagem à Escócia em segunda lua-de-mel com o seu marido Frank, que foi espião durante a guerra. Passaram cinco anos separados e tentam aos poucos reencontrar-se; há alguma incerteza mas verdadeira amizade e calor entre ambos. Mas é aqui que logo no primeiro episódio o enredo dá uma volta inacreditável: num passeio de madrugada pela charneca escocesa, Claire entra num círculo de pedras druidas e quando sai... está no ano de 1743!

A inesperada viajante no tempo tem logo um mau encontro com soldados ingleses casacas-vermelhas, é salva por uns escoceses e logo a seguir já está a aplicar os seus conhecimentos médicos ao endireitar o ombro deslocado de um rapaz muito garboso chamado Jamie. A partir daqui há todo um enredo de segredos com Claire a esconder a sua fantástica origem, os escoceses a desconfiar dela porque é inglesa, e os ingleses (que são muito maus, e liderados por um sádico do piorio que é antepassado de Frank e igualzinho a ele) a querer "resgatar" Claire dos escoceses. Num dos clássicos clichés do romance, Claire acaba num casamento de conveniência com Jamie para passar a ser "cidadã escocesa" e cheia de remorsos por Frank que está algures em 1945 à procura dela, mas ao mesmo tempo a apaixonar-se por Jamie que além de ser podre de bom é um amor de rapaz.

Esta história tem como pano de fundo um drama bem maior que pesa na consciência de Claire: é que os escoceses estão a organizar-se contra o domínio inglês e pretendem colocar no trono da Escócia o pretendente Charles Edward Stuart, conhecido por "Bonnie Prince Charlie" (afastado da linha da sucessão ao trono de Inglaterra por ser católico). O que eles não sabem, mas Claire infelizmente sabe, é que esta rebelião irá ser esmagada de forma sangrenta na Batalha de Culloden em 1746, com as tropas inglesas a infligir pesada derrota aos clãs das Highlands. Os seus conhecimentos da história colocam Claire numa posição terrível: ela vê os seus novos amigos ansiar pela independência e assiste à crueldade dos soldados ingleses, mas não sabe se pode ou deve avisá-los, ou até como fazê-lo sem que a achem completamente louca...

Este é um assunto que ainda hoje é uma ferida na Escócia, pois após Culloden aplicaram às Highlands uma política quase de "terra queimada" para esmagar os rebeldes. É uma das maiores tragédias da história escocesa. Corre até um rumor que adiaram a transmissão desta série na televisão britânica porque estava em curso a campanha para o referendo sobre a independência da Escócia e neste contexto, mostrar românticos highlanders rebeldes e ingleses pérfidos seria complicado...

História e políticas à parte, Outlander é uma série linda de se ver, com personagens cativantes, cenários lindíssimos, e todo o encanto que faz da Escócia um lugar mágico.

4 comentários :

  1. Eu já li os livros (sim, são vários e nada fininhos) e adorei! Nem sabia que tinham feito uma série...
    Está a passar em que canal?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que ainda não está em nenhum canal português - o meu "num ecrã perto de si" inclui o ecrã do computador ;-) mas as séries da Starz costumam ir para o canal Fox.

      Eliminar
    2. Ah, ok, é dessas então :-)
      Obrigado pelo esclarecimento.
      Vou experimentar esta já que as "minhas séries" estão paraditas neste momento.

      Eliminar
  2. Adoro esse série ! Só ainda não li os livros porquê quando vim para a Noruega o primeiro livro estava esgotado -.-

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...