Setembro é o pior mês do ano

A cada um o seu gosto. A mim Setembro enerva-me um bocado, não é carne nem peixe. Está calor mas já usamos as roupas de Verão há três meses e fartámo-nos delas. As montras estão cheias de casacos e roupas de Outono que podemos comprar mas não usar. Depois da praia temos de hidratar e exfoliar para não descascar tipo cobra a mudar de pele. E o regresso à rotina. Lembro-me que nos tempos de escola ficava sempre muito entusiasmada pelo regresso às aulas, comprar livros e cadernos novos. Depois as aulas começavam e aquilo passava logo no primeiro dia. Agora é um bocado igual, mas nem sequer se compram cadernos novos.

E assim, porque sim, e para desanuviar do choque do regresso ao trabalho: uma wishlist...  de Natal. Com muitos livros e um brinquedo da Guerra das Estrelas.

#1 iPhone


O meu iPhone é um 3GS comprado em Dezembro de 2009, ou seja, em anos de telemóvel data do período jurássico. Honestamente não percebo as pessoas que trocam de telemóvel de dois em dois anos. Comigo, enquanto funcionar usa-se. Até porque configurar um smartphone novo não é terefa fácil. Dito isto, nos últimos seis meses o meu começou finalmente a dar sinais de idade. A bateria já não era grande coisa, mas o primeiro grande susto foi uma avaria na antena interna que me deixava o telemóvel sem rede. Valeram-me os senhores da iLoja (em Lisboa na Av. Visconde Valmor) que mo arranjaram em cinco minutos sem levar nada, porque felizmente era só mau contacto.

Já a progressiva lentidão no processador não tem remédio e é o principal motivo que me leva a trocá-lo, começa a ter muitas falhas de carregamento e funcionamento das aplicações. E last but not least, como já não actualiza para lá do IOS 6.1.6, verifico a impossibilidade de instalar muitas apps mais recentes que não são compatíveis com os IOS mais antigos. De qualquer modo, acho que seis anos são uma boa vida digital. Vou actualizar para o iPhone 6S. Em ouro rosa se conseguir, mas a cor não é essencial, porque eu não dispenso a capinha protectora...

#2 Livro Grace: Thirty Years of Fashion at Vogue


A primeira edição deste livro foi uma tiragem limitada há uns bons anos, que rapidamente esgotou. Quando Grace Coddington se tornou uma estrela após o documentário The September Issue, cheguei a ver exemplares antigos à venda por mil euros! Foi com surpresa e agrado que soube que não só vai ser reeditado, como seguido de um novo volume dedicado ao trabalho mais recente de Grace.

#3 Livro Face Paint: The Story of Makeup


Estrela da internet e directora criativa da Lancôme, Lisa Eldridge é uma ávida coleccionadora de maquilhagem antiga e escreveu um livro sobre a história da maquilhagem desde a antiguidade aos tempos modernos. Estou muito curiosa!

#4 Livro Korean Beauty Secrets: A Practical Guide to Cutting-Edge Skincare & Makeup


Kerry Thompson e Coco Park são autoras, respectivamente, dos blogues Skin & Tonics e The Beauty Wolf, duas referências obrigatórias para quem se aventura nos meandros da cosmética coreana. Elas fazem testes, listam ingredientes, identificam ingredientes bons e maus, partilham rotinas de cuidados, e o rombo assim criado nos nossos orçamentos só não é maior porque as "coreanices" podem ser difíceis de encontrar mas são ridiculamente baratas comparadas com as marcas europeias. Mas navegar neste gigantesco mercado pode ser confuso, visto que os coreanos conseguem mesmo ser hardcore no que toca a cuidados de pele e chegam a fazer rotinas com sete ou oito ingredientes. Em que ordem se colocam? Qual a diferença entre uma essência e um sérum? As respostas a estas e outras perguntas poderão ser encontradas neste livro que Kerry e Coco escreveram em conjunto, reunindo anos de conhecimento e pesquisas.

#5 Star Wars BB-8 Sphero



This is the droid you're looking for. 

É com este slogan francamente brilhante que a poderosa máquina de merchandising Disney / Star Wars anuncia um objecto que é um brinquedo, sim, mas o brinquedo mais incrível de todos os tempos, capaz de transformar adultos em miúdos deslumbrados num piscar de olhos. Sim, custa 150 dólares nos EUA e 170 euros na Europa. E por esse dinheiro trazem para casa uma coisinha tão avançada que parece milagre, como se uma personagem tivesse saltado do ecrã para a nossa sala. Com um conjunto de sensores e uns pozinhos de programação básica, o brinquedo BB-8 é literalmente uma bolinha encantadora que com umas luzinhas e uns apitos cria um efeito tão realista que projectamos nele todos os nossos sonhos de inteligência artificial e queremos acreditar que ele é tão esperto como no filme.

Podeis dizer que é tão adorável quanto inútil, mas estão a voar das prateleiras que nem pão quente e a fã empedernida de Star Wars que há em mim acha-o absolutamente amoroso!

5 comentários :

  1. Tenho a mesma opinião relativamente ao mês: um enfado. Só gosto dele porque nunca deixei de voltar às aulas. :) (e porque tenho a sorte de não me passar a excitação logo nos primeiros dias)
    Acho o novo iPhone lindo mas como comprei o 5S no ano passado e para mim um telefone também não serve para ser bonito, volto a apanhar o comboio lá para o 8 ou assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És cá das minhas. Eu se calhar já devia ter trocado no ano passado, teimei em aguentar, mas já não dá: o Facebook está sempre a falhar, imensas apps não funcionam em IOS 6, tenho a traseira colada com fita adesiva, e capas só consigo comprar nos indianos ou na internet!

      Eliminar
  2. Relativamente ao mês de setembo não podia discordar mais :P Adoro o regresso às aulas (sim, com 23 anos e no último ano de faculdade...), adoro ver coleções de Inverno no Verão (algo que também não consigo explicar...) e adoro o sentimento de "recomeço" que este mês me traz. É engraçado como as pessoas têm perspetivas tão diferentes das mesmas coisas...
    Já em relação à tua wishlist, não podia estar mais em sintonia com ela. estou sempre a ver se arranjo pechinchas do Facepaint e o livro da Grace na Amazon :P O meu pai também tinha o iPhone 3GS e só o deixou no mês passado porque deixou de ligar. Já eu, sou daquelas que troca de telemóvel a cada 2-3 anos, mas é porque arranjo sempre forma de rebentar com eles -.-

    http://apelequehabitoblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sempre cuidei muito bem dos meus equipamentos, mas sei que às vezes é mesmo uma questão de sorte ou azar, uma queda e pás. E também gosto muito de ver as colecções mas já me aconteceu comprar coisas agora e só as vestir passados dois meses...

      Eliminar
  3. Já eu adoro o mês de Setembro, para mim é o mês do recomeço muito mais que Janeiro. O novo iphone rosinha é lindo não é? Boa wishlist :) beijinhos

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...